22/05/2013

Bê-á-bá do Desfralde

Antes das dicas propriamente ditas, vamos a uma coisa importante!
Quem conhece melhor o vosso filho? Vocês! Não é o pediatra, não é a senhora do livro sobre crianças, nem a senhora do café ou a vossa vizinha. Só vocês saberão quando é que ele estará preparado para o desfralde.
Porquê fazer o desfralde? Porque a criança está preparada para isso!
Nunca porque a vossa sogra vos diz: "O João com a idade do Manelinho já tinha largado as fraldas há muito tempo!"
Nunca porque a criança fez 2 anos e está na altura.
Nunca porque quase todos da sala dele já tiraram as fraldas.
Nunca porque o filho da vossa melhor amiga, que é um mês mais novo, já largou as fraldas.
Nunca porque o irmão mais velho largou com 2 anos e ele já tem quase 3.
É essencial que percebam que cada criança tem o seu ritmo. O normal é tirar entre os 2 e os 3 anos. Se tirar antes, fantástico! Se tirar depois, bom na mesma. A criança tem de ter maturidade para o fazer, tem de ser capaz de controlar os esfíncteres (músculos que controlam a saída do cocó e do xixi) e tem de perceber como o faz. 
Por norma a criança começa por avisar que fez xixi ou cocó e só depois consegue antecipar. Mesmo que consiga antecipar, não significa que consiga logo controlar e esperar até a porem na retrete ou no pote.
Quando virem que eles começam a pedir para ir ao pote ou à retrete é sinal que está na hora de começar a pensar nisso. Muitas vezes eles pedem e quando lá chegam não fazem nada porque já fizeram. Mas é importante que os ponham sempre. Sim! É uma trabalheira... Tirar calças, body, fralda... Depois ficam na conversa 10 minutos e não fazem nada. E nós temos de por outra vez tudo no lugar, para nada... Para nada, não! Em 10 vezes que vão ao pote, alguma hão de fazer! E depois surge a dança do penico! A família faz procissões à casa-de-banho para fazer uma festa à criança. Toda a gente bate palmas, toda a gente ri! E a criança começa a ter noção que aquilo que acabou de fazer é mesmo importante! 
É importante que falem com a educadora para que estejam todos em sintonia. Tem de haver um trabalho de equipa. Nunca devem começar o desfralde na 2ª feira quando vão para a escola. Comecem num Sábado em que não haja grandes programas. Façam as coisas com calma, sem stress ou pressões de horários.
Se ficarem em casa, deixem-nos só de cuecas. Facilita a ida ao pote e poupa uma data de roupa. 
Deixem o pote ao pé deles. Faz com que se lembrem dele sempre que olharem para ele e fica mais perto quando a vontade chegar. Felicitem sempre que houver um sucesso. Mas nunca repreendam quando houver um xixi nas cuecas!!! Podem mostrar que ficaram um bocadinho (só um bocadinho) tristes mas encoragem a fazer o próximo xixi no pote. Mostrem que eles têm de tentar e que vão conseguir. Também vocês têm de acreditar nisso para lhes poderem passar as energias certas.
Para a escola mandem muitas mudas de roupa. Usem sapatos de borracha por exemplo. Se sujarem com xixi, é só passar por água! 
Para as raparigas, facilita as saias ou vestidos e para os rapazes, calções ou calças fáceis de tirar. Sem botões ou molas complicadas...
Podem fazer uma tabela e desenhar uma estrela ou um smile de cada vez que houver uma vitória. Há livros muito giros na Fnac e no Continente com imagens e com tabelas de autocolantes para esta fase. Podem compensá-los ao fim de 5 vitórias. Com um chocolate, ou uma ida ao parque.
Se forem à rua, levem o pote atrás e um pacote de toalhetes. Assim, se eles pedirem de repente, têm sempre a "casa-de-banho" à mão! 
Vão com eles escolher as cuecas novas. Elas vão adorar mostrar as cuecas das Princesas e eles vão adorar mostrar as cuecas do Faísca aos amigos e aos avós. 
De resto, muita paciência! Muito amor! Muitos beijos e muitas palmas!
Se virem que a coisa não está a funcionar, voltem atrás. Falem com eles e combinem por fralda outra vez mais um tempo. Mostrem que não há problema, que têm de ficar um bocadinho mais crescidos! Não vale a pena insistir se eles não estiverem preparados. Só lhes vai causar frustração e pode piorar o processo.


Boa sorte! Bom desfralde! 

Nota Importante: Tudo o que aqui foi escrito, tem por base a minha formação e experiência enquanto Educadora de Infância e Mãe de duas crianças. Não são dados científicos nem médicos, não é chapa 5, nem é infalível. São apenas dicas! Ok! ;)

22 comentários:

Só sedas disse...

Fantástico! Quando tiver os meus vão para casa da tia Kiki! ;)

Entre Biberons e Batons disse...

Adorei :)

Sofia e Beatriz disse...

Este texto está fantástico!
Nem mais, nem menos! Está no ponto :)
Bjs

Bi disse...

Eu acho que está na hora de eu comprar um pote! Adorei as dicas! Veremos como corre! Mas tambem não tenho pressa nenhuma!!
Um beijinho

rita.cestmavie disse...

Querida amiga concordo a 100 % c o q escreveste. Tanto como psicologa como mae, assino em baixo :)
Esta noite a gorda ca de casa ja vai dormir sem fralda... ♥

Alejandra Rodrigues disse...

Adorei ter lido e sinto-me muito melhor! Pois queria começar a tirar as fraldas ao pedrito e não sabia por onde começar! :) mas realmente tem que ser tudo a seu tempo :) Obrigada pela partilha das tuas experiências!
beijinhos

Maria João Piñeiro disse...

Gostei imenso do texto, concordo a 100%. A ideia da tabela é ótima e resultou com a minha filha. Tinhamos sol e nuvem :) e ela ficava extraordinariamente motivada sempre que pintava o sol. Até guardei uma das ultimas tabelas para mais tarde recordar :)
Um bj. Maria João Piñeiro

eucomplicotucomplicasnoscomplicamos disse...

Maravilha...:)

O PAI disse...

Excelente. Obrigado pelas dicas. Porque neste momento tenho a sensação que o meu filho de 2 anos e meio nunca vai tirar as fraldas. E fico preocupado porque já reparei que não é fácil encontrar fraldas para a faixa etária entre os 6 e os 60 anos.

pesnosofa.blogspot.pt

macaca grava-por-cima disse...

Precious!!! Muito obrigada por estas muy elucidativas linhas. bjs

MMP disse...

Concordo a 100%. Eu só me chateava porque ás vezes ele fazia força para fazer xixi no choão para depois limpar, queria era limpar... Sempre sem stresses e agora as da noite é que estão mais dificeis. No verão passado tentei tirar, acordava durante a noite para o por a fazer xixi, mas ora era cedo, ora era tarde. Desisti. Fui tentanto reduzi os liquidos à noite (ele bebia muita água antes de dormir) e ir falando com ele. Noto que a fralda apesar de vir molhada, já não vem cheia. Vamos tentar novamente, se der muito bem, se não paciencia. O Dia há-de chegar. :)

Simplesmente Ana disse...

Eu imprimi tabelas do site da kandoo e uma sinal para pôr na porta da case-de-banho. A minha filha adora estas "mariquices" e funcionou lindamente. Isso e as cuecas da Kitty, pois claro.

pevide II disse...

lá em casa também estamos nessa fase!

Letras Cor disse...

Por aqui tb ouvimos imensas vezes o mesmo discurso " com 2 1/2 anos e ainda usa fralda!? Meuuu Deuuus!" Este post parece que foi feito para mim :D
Óptimas dicas.
Obrigadaaaaaaaaaa

Y. disse...

Um dos (muitos) melhores posts!! E eu estou nessa luta agora :P

Marco disse...

Epá, tudo muito bem, mas... chocolate a uma criança de dois anos?

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Olá Marco!
Obrigada pelo seu comentário! :)
O chocolate pode dar-se às crianças a partir dos dois anos. Não estou a dizer para dar uma tablete inteira.
E a ideia foi dizer que a recompensa não é uma caixa de legos ou um DVD, mas sim uma coisa simbólica como uma ida ao parque ou um quadradinho de chocolate.
Se acha que o seu filho não deve comer chocolate, procure encontrar outra coisa que lhe agrade e que seja uma boa recompensa para ele! ;)

Sofia disse...

Boa Kiki! Concordo com tudo!

Anabela (Aproveitar a Vida) disse...

Gostei muito deste post e realmente há mesmo que respeitar o ritmo deles. Com o meu filho comecei a tentar ainda ele não tinha os dois anos mas apenas porque ele já fazia algumas vezes na sanita e no bacio e mostrava sinais de talvez conseguir controlar. Tentámos e percebemos que era preciso esperar mais um pouco porque é mesmo uma questão física. Apesar de não deixarmos de o colocar no bacio ou sanita, continuámos a colocar fralda e a não fazer grande alarido se ele enchia a dita cuja. Mais uns meses passados e tentámos novamente e viu-se uma grande diferença. Em pouco tempo tirou a fralda de dia, incluindo a da sesta. Hoje dormiu a noite sem fralda porque foi ele próprio a não querer. Espero que seja o adeus definitivo às fraldas. Estou muito orgulhosa dele.

Bjs e obrigada pela partilha
Anabela

Mary of Cold disse...

Olá!

Muito obrigado por este serviço público... concordo com tudo!

Agora proponho outro post, uma vez que já ultrapassei esta fase, que é o desfralde de noite!
Qual é a melhor maneira de começar? Tiro a fralda e passo a lavar lençóis todos os dias? Acordo-o de noite para fazer xixi? É que o meu filho ainda faz umas litradas de xixi de noite, mas eu queria mesmo tirar-lhe as fraldas durante este Verão (vai fazer 3 anos em Julho).

Ajuda, precisa-se! :)

Obrigada. :)

Ana - a side of me disse...

Não tiro nem uma virgula.
A minha filha tem quase 4 anos e só usa fralda à noite, durante o dia já deixou há 1 ano, mas à noite ainda tem sido difícil. Tenho deixado correr o tempo pq ela sempre bebeu muita água e faz muito xixi de noite. Há 4 dias que a fralda vem seca e espero que com isso ela se entusiasme e a consiga tirar.

Marta Valente disse...

Este post veio, para mim, na altura perfeita: começámos a tirar a fralda à nossa filha mais velha no sábado. Ainda temos um ou dois acidentes por dia, mas acho que é normal (e às vezes é distração nossa, que deixamos passar muito tempo) e está a correr bem. O maior problema é o drama para pôr a fralda à noite... agora só quer cuecas!

Obrigada pelas dicas!