07/02/2010

Reencontro...

Sempre viveste perto de mim e sempre estiveste ao meu lado. Antes da Luisinha nascer, ia regularmente a Tua casa e sentia-me bem... Mas depois ela nasceu... O tempo ficou mais curto e os dias foram passando a correr e transformaram-se em meses... Sem dar conta, deixei de Te visitar... Nunca parei de falar contigo e sobretudo de Te agradecer por todas as alegrias que me tens dado... Mesmo nos momentos difíceis sei que estás presente que não nos deixas...
Hoje, não sei porquê, ouvi-te a chamar, senti uma grande energia e fui... Levei a família e fomos a Tua casa... Por engano chegámos meia hora mais cedo. O coro estava a ensaiar e aproveitei esses 30 minutos para ficar só contigo... A casa estava vazia... Mas apenas de gente! Porque estava cheia de paz, de amor, de felicidade... Foi um reencontro forte... Uma comunhão cheia de sentido e de sentimento... E apesar de já o saber, senti que ainda aí estavas, como sempre, à minha espera...
****

2 comentários:

mamã Té disse...

Sentiste uma vontade e seguiste o teu instinto e isso fez-te sentir bem.
Não foi uma obrigação foi um prazer.

Compreendo-te...

Bjinhos

mamã Té disse...

Sentiste uma vontade e seguiste o teu instinto e isso fez-te sentir bem.
Não foi uma obrigação foi um prazer.

Compreendo-te...

Bjinhos