10/05/2011


Claro está que, desde que voltei a trabalhar, a casa já não anda tão organizada. Não tenho tempo para nada! Ando de rastos por ainda não estar habituada a este ritmo e "o corpo é que paga"!
Hoje, como fiquei em casa com o Vicente, aproveitei para dar uma volta nisto. Arrumar a cozinha a fundo e o quarto deles a fundo, tratar das roupas e aspirar. (e ficou a faltar as casas de banho, o pó e a esfregona!) Mesmo assim, olho à minha volta e não vejo grandes diferenças... Ah que merda! É que eu nem me importo de fazer a lida, mas trabalhar, fazer a lida e tratar dos rebentos, é um bocado trabalho a mais...
E vocês suas feministas! Minhas grandes cabras! Quem vos disse que eu não queria viver à pála do meu marido?!?! Hum?...

****

5 comentários:

célia disse...

Sabes, eu costumo dizer, que se o meu marido ganhasse tanto (ou mais um bocadito) como nós os dois juntos, eu era uma dona de casa feliz e contente, que teria tempo para tudo. Assim, olha temos de nos ir organizando, se bem que às vezes, não é fácil. Começo a perceber que casas limpas e arrumadas não são compatíveis com crianças pequenas. O raio do tempo não dá para tudo! Por isso, apoio a 100% o teu desabafo. Beijinhos

Maggie disse...

hi hi hi tbém já estive nessa situação mas depois de ver que o reconhecimento não era nenhum, arranjei uma empregada 2 vezes por semana e serviço de engomadoria. E á conta do meu marido, pois claro!

Maggie

Mami ( Sónia ) disse...

ahahahah Se poderes arranja uma senhora a dias sempre te dá uma boa ajuda acredita! Eu quando trabalhava tinha e era uma maravilha!!!

Sílvia disse...

Nem me fales disso... tenho andado tão cansada que não sei quanto tempo vou aguentar mais. Mas as finanças não dão para termos empregada, nem sequer para pensar nisso... por isso tenho de aguentar... mas que é uma porcaria, é!

Pais criativos,filhos felizes disse...

Ahahah concordo!!
há dias em que também acho que a vida sem igualdade era mais confortável :P