10/09/2012

Definitivamente os meus filhos têm ar de pedintes e eu não sei!

Sempre que vamos à padaria do Continente, lá vem a senhora ter com eles...
- Olha os meus meninos! Tomem lá um pãozinho que devem estar cheios de fome!


Na roulotte das farturas...
- Boa tarde, queria dois churros se faz favor.
- É para os meninos?
- Sim!
- É que eu só vendo 6 ou 12. Mas tome lá!
- Obrigada! Quanto é?
- Não é nada minha senhora!


Na tabacaria enquanto eu fazia o euromilhões o Vicente lança charme à menina que está atrás de nós na fila...
- Toma lá umas moedinhas!
- Pronto, vamos embora! Vicente, dá as moedas à senhora!
- Não, não! Fui eu que dei, são para ele!


No mercado enquanto eu escolhia fruta, a senhora vai ter com eles...
- Tomem lá meus amores! Uma bananinha para ti e uma bananinha para o teu mano!




A todos os que têm alimentado os meus filhos à borliu e com o coração, muito obrigada!


****

10 comentários:

Só sedas disse...

Ahahahah! E ainda jogas no euromilhões... com filhos assim não precisas!

Rosa disse...

:) ta demais!!!!

30anoseumblogue disse...

Estás a gozar! Ahahahah!!

bjs

Jo disse...

Têm ar de pedintes ou têm um charme a que ninguém resiste? :P

Sofia disse...

ahaha! Acho que é mais charme! e aposto que eles já o sabem usar! :-D

macacagravaporcima disse...

acontece-me o mesmo. Nos passeios que o M. faz comigo e com as avós já há paragens obrigatórias: a mercearia onde lhe dão uvas, a pastelaria onde lhe dão língua de veado e a padaria onde lhe dão pão. Quase que chega a casa almoçado :-DDDD

liliana disse...

;)

O meu sempre que vai à padaria traz húngaros (não sei se é assim que se escreve);)

Sónia disse...

olha que bom :) é sinal que são uns fofos!!!

Mãe disse...

Aproveita pq isto com a austeridade está bera :)

Imperatriz Sissi disse...

Que texto delicioso, fez-me rir :)
Os seus filhos devem ser muito amorosos. No entanto, dei comigo a pensar que essas pessoas simpáticas iam ficar desiludidas se fosse comigo e com o meu irmão em pequenos: não gostávamos de quase nada, e desconfio que se for hereditário vou passar a vida a dizer " obrigada, mas ele só gosta de pirâmides".