01/01/2010

Ano que acaba mal, só pode ser um bom presságio para o ano seguinte! VIVA 2010!!!

"O meu pai faz-me massagens nas costas e eu ADORO!!!"


O Ano de 2009 foi por si só um ano que não vai deixar saudades... Marcado pela crise, acabou debaixo de chuva, frio e feio, com o Luís desempregado e uma enorme vontade de que 2010 chegue. Ontem falava com a minha querida amiga Rita sobre as coisas boas que tinham acontecido e apenas consigo lembrar-me da viagem a Bruxelas que fizémos, das férias no Algarve em Agosto, do casamento de minha querida Noki e do nascimento de alguns Pimpolhos.



A presença da minha filha nas nossas vidas e o seu desenvolvimento saudável e feliz acabaram por salvar o barco! :)



O último dia do ano foi marcado por um episódio de pânico quando, a Luisinha e eu nos encontravamos sozinhas em casa e eu fiquei TRANCADA no quarto dela com ela SOZINHA na sala. Felizmente presa na cadeira da papa. O Luís tinha ido trabalhar e eu andava a fazer as últimas limpezas e arrumações do Ano. Enquanto mudava a cama da Luísa, ela estava na sala, na cadeira da papa a ver bonecos na televisão. Uma forte corrente de ar fechou a porta do quarto que tem a maçaneta estragada e a porta não voltou a abrir. Eu encontrava-me sozinha, trancada, sem telemóvel e a minha filhinha, sozinha na sala a chorar... Foram momentos horríveis... Fui à varanda gritar por ajuda e o porteiro do prédio (já velhote) não percebia nada do que eu dizia... Pedia-lhe por AMOR DE DEUS para ligar ao Luís a pedir para vir para casa o mais depressa possível, mas ele ligou apenas uma vez e não voltava a tentar.



- D. Carolina, não vale a pena ligar, ele não atende!



- MAS TENTE DE NOVO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Não havia maneira dele perceber. A Luísa cada vez chorava mais e eu estava cada vez mais desesperada... O porteiro insistia e não voltar a ligar e eu implorava que tentasse de novo... Parecia um filme de terror! A varanda do quarto da Luísa é comum à varanda do nosso quarto. Com uma cadeira de madeira tentei partir o vidro da janela do nosso quarto, mas sem sucesso... Só consegui partir a cadeira... Não fazia ideia que os vidros fossem tão resistentes... O tempo passava... A Luísa chorava de um lado, eu chorava do outro... Um homem das obras da casa da frente ouviu os meus gritos e lá veio ajudar-me. Disse-lhe para tentar arrombar a porta ou abrir com um cartão, mas o senhor não conseguiu. O porteiro lá conseguiu falar com o Luís, ou melhor, eu lá consegui convencê-lo a tentar mais uma vez!!!!!! Com o melodrama próprio da idade, gritava ao telefone a dizer que tinha acontecido uma grande desgraça e que o Luís tinha de vir já para casa. Apeteceu-me esganá-lo!!! Pronto, agora o Luís vai ter um ataque cardíaco e vai estampar-se na auto-estrada a caminho de casa porque vai guiar a 200km/h...



Eu só pensava: TIREM-ME DESTE FILME!!!



De repente a Luísa deixou de chorar... Se a minha preocupação era o facto dela estar a chorar, o facto dela ter parado de chorar de repente ainda me deixou mais em pânico!!! Eu chamava por ela, dava murros na porta e nada, ela não respondia!... (estar aqui a escrever tudo isto e a reviver tudo de novo não é fácil, acreditem... Mas é da forma que nunca mais me lembro do que aconteceu... Hoje nem consegui falar sobre o assunto...)



Finalmente o Luís chegou! Ela adormeceu na cadeira de exaustão coitadinha e fez um enorme sorriso quando viu o pai mas desatou a chorar quando me viu. O raio do porteiro entrou atrás do Luís e só gritava: Ai que desgraça, que desgraça! (Parecia que alguém tinha morrido! Desgraça foi ele não me ter ajudado como devia!!! Isso é que foi uma desgraça!)



Felizmente tudo acabou em bem! Não desejo nem ao meu pior inimigo o desespero que senti... Sobretudo por ouvir a minha filha a chamar por mim tão desesperada e eu não conseguir fazer nada por ela... Por pedir ajuda e a pessoa que está à minha frente não entender o meu desespero... Foi mesmo muito mau... Quase uma hora de pânico que pareceu uma eternidade!!!






Raio de ano que acabou mesmo mal... Vai-te embora ó 2009 e nunca mais voltes que não fazes cá falta...






Para 2010 os meus desejos para nós e para todos são:






- Que não falte trabalho a ninguém!!!



- Que as famílias vivam com muito amor, amizade e união!



- Que tenhamos muita saúde para continuarmos a viver juntos e a poder trabalhar!



- Que os nossos filhos cresçam saudáveis e felizes!



- Que a p... da crise de ponha a andar de vez!!!




- Que as minhas amigas R e N tenham um bebé!



- Que o Sol regresse depressa!



- Que o meu FCP seja campeão!



- Que não volte a precisar da ajuda do porteiro nem de ninguém!



- Que o Luís troque a maçaneta da porta do quarto da Luisinha!!!






Tenho um grande "feeling" para 2010, com muita esperança e vontade de o ver!!!






Beijinhos a todas!!!






****

4 comentários:

Anónimo disse...

2009 já lá vai...e que 2010 seja um Grande Ano!!!Pensamento Positivo e pensar só em coisas boas.
OS seus desejos são os meus apenas com uma diferença...que ganhe o Benfica :-)

Essa de ficar fechada no quarto...que susto. Veja se a Luisinha está lá a brincar sozinha e fecha a porta...que pânico, é melhor arranjar isso quanto antes.

Bjos e Felicidades
Teresa

Su disse...

Ui, nem imagino a tua aflição. Que horror! O coitado do porteiro não deve ter percebido ao certo o que se passava...tu é que como estavas desesperada ficaste irritada por ele não te perceber, o que é normal!
Que este ano seja muito feliz para vocês, que venha carregadinho de coisas boas.

Ah...só agora dei conta que não te cheguei a enviar o convite para veres o meu blog. Desculpa :( Vou enviar de seguida.

Bjs e tudo de bom :)

Rita disse...

lolol só hj é que li isto!!!
Vamos lá ver se os teus desejos se concretizam ;)
Um grande bj

miss egg disse...

Agradeço envio urgente da referência da 'dita' maçaneta da porta, asseguro-me que, pelo menos nesse desejo posso ajudar :-) Até porque as gargalhadas internas que me provocaram, foram a-b-s-o-l-u-t-a-m-e-n-t-e de pânico. Venha o Vosso prometedor 2010, e que venha com força!