28/02/2011

Aborto

Pronto! Cá está um assunto polémico!

Por norma, sou contra o aborto! Passo a explicar... Eu sou das que acredita que a vida tem início no momento da concepção e não na hora do nascimento. Não é por acaso que nos emocionamos com o bater do coração e os seus movimentos na ecografia, não é por acaso que escolhemos um nome para podermos começar a tratá-los pelo seu próprio nome e não por bebé, ou feijão ou outros. Não é por acaso que começamos desde cedo a projectar expectativas sobre o bebé, a decorar o seu quarto a imaginar o que vai ser ou como vai ser! Para uma mãe, embrião é o seu bebé e não um amontoado de células a crescer no útero. E por isso, sou à partida, contra o aborto! Mas concordo que este seja feito em determinadas situações. Violação, problemas de saúde da mãe, doença grave ou mal-formação do bebé. Não significa que não o fizesse numa situação dessas, mas também não digo que o fizesse. Acho que é algo que só deve ser decidido depois de passar por algo assim e não deve ser julgado por quem está de fora!

Sou contra o aborto quando este vem interromper uma gravidez que aconteceu por descuido ou irresponsabilidade dos pais, quando uma gravidez chega num momento em que não dá jeito...

Hoje em dia não há desculpas! E contra mim falo, já que o Vicente é fruto de um descuido! Mas eu sou casada e o facto de ter tido uma gravidez não planeada, não quer dizer que não tenha ficado feliz ou que não o tenha recebido de braços abertos apesar de abananada! E também é óbvio que não é preciso ser-se casada para ter filhos e para estes serem desejados e felizes!

O aborto não é um método contraceptivo! É uma coisa séria, um remedeio de uma situação que podia ser resolvida de outra forma e que vai trazer traumas à mulher.

E agora o cerne da questão, num país onde a população envelhece cada vez mais, num país onde há cada vez mais reformados a precisar da segurança social e cada vez menos pessoas a produzir e a contribuir para a segurança social, o governo trata de implementar medidas altamente favorecedoras da natalidade! Toca a legalizar as clínicas de abortos, toca a retirar os abonos de família e os subsídios de gravidez, toca a pôr as famílias nos escalões mais altos de IRS e SS e toca de dar subsídios de maternidade às meninas que fazem abortos! Portanto, aquelas que não querem ter o filho e que recusam a assumir a maternidade! Que mandaram uma queca com um gajo qualquer e lá aconteceu a coisa! Que não tomaram precauções porque na hora, a pressa era tanta que nem deu para pensar nisso, têm direito a um mês de férias (AKA Baixa) pagas por nós (contribuintes) e ainda a um subsídio de (imagine-se) maternidade! Dá para irem à Bershka comprarem umas calças giras para irem engatar mais uns gajos!

E depois não querem que eu me irrite!


****

13 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Apesar de isto ser sempre um assunto polémico não deixo de concordar contigo. Sou contra o aborto excepto em casos muito específicos e não porque agora não dá jeito.
Acho errado certas medidas do governo, mas também não acho certo que quem queira fazer um aborto tivesse de ir a clínicas pouco claras e arriscar a vida por isso. Acho sim que tem de se tomar outras medidas. Falar mais ainda sobre a protecção que temos de usar para que isso não aconteça. Esclarecer os jovens que me parece que apesar de tanta informação disponível anda cada vez mais tontos.
Mas é como te disse é um assunto polémico e que dá pano para mangas.

Maria João disse...

Olha, gosto de ti. Lol. Mais uma vez concordo com cada palavrinha. Sabes, trabalhei em obstetricia/ginecologia alguns anos e deu pa ver mta coisa. Mta mesmo. Que nunca mais irei esquecer. Por isso secalhar ainda sou um bocadinho mais revoltada que tu...

Anónimo disse...

Acho ke abortar é sempre abortar seja qual for a situação em q a mãe se encontre, n me parece menos errado por ser duma violação ou ser doente por ex.. o bebé continua a n ter culpa do ke se passou, eu penso assim..
mas eu sou completamente a favor do direito de escolha de seguir uma gravidez ou não.. o aborto é um acto ke só diz respeito aos pais e principalmente à propria mulher...eu já fiz um aborto em jovem e hoje sou mãe...se as ke nunca fizeram aborto e recriminam se sao melhores ke eu?? n sei mesmo nem me interessa, n sofro da doença de tentar ser melhor ke os outros..tento é fazer o melhor ke sei pros meus filhos e mai nada.. ;))

Marina disse...

Totalmente de acordo. Beijo

Gabriel disse...

E a mim só me resta perguntar: mas tu ainda cansas os miolos com estes políticos e com este governo?
É VERGONHOSO!!!!
Tenho 2 filhos para tratar e este ano fiquei sem subsídio... não é que desse para grande coisa, mas era deles... enfim!

Alegria em Detalhes disse...

Oi,
Concordo com seu ponto de vista!
Gosto da forma que se expressa.
Parabéns.
Beijos,
Paulinha - Brazil
http://alegriaemdetalhes.blogspot.com/

A minha corrente da chucha... é linda! disse...

Novo passatempo em http://aminhacorrentedachucha.blogspot.com/
Participa!!!

Coisinhas Caseiras disse...

Concordo contigo em tudo! Estamos a precisar de mais um 25 de Abril para ver se isto muda.

Carla Marialva disse...

Sabes que tive um aborto e estava de 18 semanas, e ainda não tinha pedido o subsidio pré-natal, a srª da SS perguntou-me se eu queria fazer o pedido e iria recebe-lo até as 40 sem, assim como foi da Madalena, e eu não fiz não achei justo e acho que nem iria ser um dinhero abençoado e ia me fazer lembrar de tudo outra vez, e agora que falaste nisso é que "caí na real" que realmente deve haver tipas a pedirem o subsidio e dps abortam, mas o aborto legal não é só até as 10 sem ou vai até as 12? é que se for até as 12 a SS tem que arranjar maneira de controlar isso, é uma vergonha.

100% Mamã disse...

Concordo, assino por baixo e mais não digo porque está tudo dito!
;) bjs

Lina disse...

Sim é um assunto polémico mas nao podia concordar mais contigo. Acho que com tantas coisas em falta no nosso sistema de saúde esse tá lá disponivel para quem quiser, sem custos e ainda com todas as regalias de uma suposta mae.

Anna Magdalena Bach disse...

Olá

é a primeira vez que venho ao seu blog e estou apaixonada.
concordo com o que diz e apesar de haver sempre excepçoes, creio que nao ha desculpa, com tanta informação que ha.
um bj para si e para a sua LINDA familia!

Mommy Kiki disse...

Olá Anna!
Muito obrigada pelas suas palavras! Seja bem-vinda e apareça quando quiser! :)
Um beijinho