21/12/2016

O Natal tem as costas largas!

Chateia-me esta vontade (obrigatória) que temos de ter no Natal... Chateia-me que nos sintamos obrigados a dar presentes porque tem de ser, a ligar a pessoas de quem não gostamos porque tem de ser, a fazer coisas que não nos apetece porque tem de ser. 

Parem de ligar à Tia Lurdinhas só porque é Natal... 

Parem de desculpar merdas e perdoar pessoas só porque é Natal... 

Parem de ajudar pobrezinhos só porque é Natal... (E só para meter no Facebook...)

Parem de ter pena dos velhinhos só porque é Natal... 

A Tia Lurdinhas, provavelmente precisa que lhe ligues uma vez por mês! Ou então sempre foi uma cabra de uma velha e não merece de todo, por isso não ligues e pronto! 

Aquele teu amigo foi um verdadeiro filho da mãe há meses atrás, porque é que só agora se lembrou de te pedir desculpa??? Se fosse mesmo amigo, já teria mexido o rabo para tentar resolver as merdas pendentes, não tem de ser agora só porque é Natal! 

Os pobrezinhos precisam da nossa ajuda o ano inteiro! Por isso, para de tirar fotos para as redes sociais e mexe-te verdadeiramente para fazeres a diferença. O ano todo! 

Aquele velhinho com ar amoroso de quem tens pena porque a família não quer saber no Natal, provavelmente foi uma besta de um marido e um pai de treta e está apenas a colher aquilo que semeou. 

Se queres espalhar o bem e sair deste Mundo com alguma dignidade, fá-lo o ano inteiro. Perdoa quando tiveres de perdoar, liga sempre que te apetecer, ajuda sempre que puderes! 

Esquece o Natal! No Natal já há hipócritas  suficientes a fazer a parte deles, quem realmente precisa, precisa de Janeiro a Novembro! 

Feliz Natal! 


2 comentários:

Gisela Ferreira disse...

Fazer o bem sem olhar a quem! Isso aplica-se o ano inteiro.. é o que penso!
E sim, concordo que quem precisa de ajuda ou um carinho, não precisa so no Natal!
BeiGinhos de Feliz Natal

Anónimo disse...

Alguém que me compreenda!! Ainda há salvação para este mundo!!