27/12/2016

Perdeste tudo!

Este foi o 35º Natal que perdeste. Mais um! A somar aos Natais dos meus filhos, já perdeste 49 Natais. Nem vou mencionar o resto da família porque então terias perdido mais Natais do que a tua própria idade. 

Perdeste os sorrisos, perdeste a alegria, perdeste o leite creme, perdeste a magia da abertura dos presentes. Até as discussões de família perdeste. 

E depois perdeste o resto do ano dos outros anos todos! Perdeste a primeira vez que andei de bicicleta, perdeste os nomes dos meus cães, as minhas festas de anos e as festas do colégio. Perdeste até tardes no sofá a ver televisão. 

A tempo de emendar a situação, continuaste a perder tudo isto com os meus filhos. 

Não lhes conheces o brilho dos olhos, nem as curvas do nariz. Não imaginas o que perdes ao não conhecer o som das gargalhadas deles. Não fazes ideia de que comidas gostam mais nem quais as que detestam. E também nunca te interessou em saber o mesmo de mim. 

Não imaginas a quantidade de vezes que ficava no portão do colégio a imaginar como seria ver-te chegar. A quantidade de vezes que fiquei a olhar para o telefone à espera que tocasse. A imaginar como seria ter-te numa festa de anos. Num sábado de manhã no parque. E tudo não passou de uma pequena antecipação de coisas que nunca aconteceram. 

Perdeste tudo! Tudo... E o que mais magoa, mais esmaga o coração é saber que perdeste tudo isto porque não quiseste saber... Porque borrifaste...  Porque não deste importância... Porque cagaste! 

E agora que terias a tua última oportunidade, estragaste tudo outra vez. De vez! Para sempre. 

Apetece-me gritar lá para cima e perguntar porque levou Ele a presença dos que quiseram estar e deixou a ausência dos que não souberam aproveitar. São os desígnios d'Ele e temos de respeitar. 

Perdeste tudo! É preciso ser muito burro para perder tudo tantas vezes. 




9 comentários:

Majo disse...

"São os desígnios d'Ele e temos de respeitar. "
Eu acredito firmemente que tudo o que Ele faz (ou permite que aconteça) tem um propósito. E quem "perdeu tudo"... que Ele tenha misericórdia. :* no <3

Ana Raquel disse...

Acredito (ou tento) nisso tb

Anónimo disse...

Passo pelo mesmo.
Vou levar
Bjs

Anónimo disse...

quem?

Anónimo disse...

Exatamente a minha historiq. Ate chorei...

Anónimo disse...

Exatamente a minha historiq. Ate chorei...

Cláudia disse...

Há quem diga que só faz falta quem está mas eu sempre achei que isso não é verdade.
Ás vezes a falta de quem não está grita aos nossos ouvidos.

Para isso eu tenho um remédio. Penso sempre "Se não está, é porque não tem de estar. É porque eu precisava disso para ser quem sou hoje e por isso o meu obrigado". Sem mágoas nem dor. Porque o perdão é um presente a quem o dá ;)

Força!! E um Feliz 2017!

Anónimo disse...

Consigo entender-te e sim magoa...
Mas o caminho é o perdão, para deixares de sentir essa dor.
Existem muitas pessoas que estão presentes, gostam de ti e te procuram e deve ser a essas que deves dar valor e toda a importância, porque são as que de facto merecem (a tua atenção e consideração:)
Bom Ano ;)

BMC disse...

O bom é sempre começar por não achar que há um Ele. Entendo que seja prático ter quem culpar numa situação tão dolorosa, mas eu vejo-as como oportunidades de valorizar quem ainda continua ao nosso lado.