02/08/2012

Upa!

A Gigi estava a tomar o pequeno-almoço e o Vicente chegou ao pé dela e sem dar sequer tempo de reagir e bateu-lhe com um carrinho na cabeça.
É um desespero!!! Esta peste com pernas está sempre a bater na irmã! E depois não mostra o mínimo sinal de arrependimento... Ri-se quando ralho com ele! E a desgraçada encolhe-se quando ele se chega perto...
Depois de lhe pedir 5 vezes para pedir desculpa à mana (ainda não pede) e lhe dar um beijinho, ele recusou-se e eu sentei-o no cantinho onde o costumo sentar de castigo.
- Ai ai Vicente! Não se bate na mana! Faz dói-dói. Coitadinha da mana que gosta tanto do Vicente! Agora fica aqui um bocado a pensar na asneira!
O camelo ria-se e virava a cara. Virei costas e deixei-o.
Ele levanta-se, vai ter com ela e eu ponho-me logo em alerta para ver o que ele vai fazer.
- Upa! - E dá-lhe um beijinho
Nem podia acreditar!!! Pediu desculpa pela primeira vez e espontaneamente!!! Afinal já vejo luz ao fundo do túnel!

(E agora roubou a colher dos cereais à irmã e anda a bater em tudo o que lhe aparece à frente pela casa fora... Isto há de lá ir!)

****

8 comentários:

Sónia disse...

Ele é danado! mas pronto lá pediu desculpa já não está mal :)
Eu acho que vou sofrer do mesmo mal que tu com o Tito.

Melancia disse...

Upa é muito lindo! Gosto muito da ideia do cantinho da asneira e faz parte dos meus planos para um futuro próximo. Imagino é que vou ter de por cintos no cantinho, porque o rapaz é mexeriqueiro

Mum's the boss disse...

Até parece que não sabes o que se faz nessas situações. Ele dá, ele apanha! Pimba, meu sacana, anda cá que é para aprenderes! E sentá-lo? Não o fechaste no quarto sem os brinquedos favoritos? Minha querida, vai por mim, só assim é que ele aprende!
Um beijinho!

(ahahhahahaha)

Princesa Tagarela disse...

Um doce portanto!!
:)

Estela Mata disse...

Hehehe,danado!!! :D

(Depois de uns dias sem aqui vir apeteceu-me dizer-lhe uma coisa (não sei se já o tinha dito antes se ñ), adoooro vir até aqui, gosto imenso da forma com escreve e descreve as suas aventuras e desventuras, é sempre tão engraçada, natural e ao mesmo tempo parece-me tão real!)

Parabéns por ser assim! ;)

Sílvia disse...

E eu a pensar que só o meu era assim... Bate na irmã e anda a correr pela casa fora atrás dela... e ela a fugir dele, aos gritos: Não me batas, Gabriel... Um verdadeiro filme, como podes imaginar.

Vânia Beliz disse...

Muito bom. Adorei descobri-la na Revista ao lado de uma grande amiga a Sara Rodi. Desejo-vos muitas felicidades e PACIENCIA, cá em casa não há filhotes, só 2 gatinhas amorosas e terriveis.

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Muito Obrigada Vânia! Bem-vinda! :))
<3