06/11/2013

Muito gosta este povo de atirar a chuva do capote

Estou fascinada com as reportagens matinais às portas dos combóios e dos meios de transporte paralisados! 
Dia de greve é igual a desculpa para chegar atrasado ao trabalho. As pessoas chegam à estação exactamente à hora de sempre. Não entram no único comboio que passa no espaço de uma hora porque não querem ir de pé, riem-se, encolhem os ombros... 
Uma tão pequena amostra que mostra tão bem aquilo que o nosso país é... 
Felizmente alguns ainda se vão levantando de madrugada para não terem a mesma desculpa. É pena é serem poucos... Quem me dera a mim, poder fazer o mesmo!


10 comentários:

Marta Verde disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Infelizmente o que a Marta Verde disse é verdade, não é por (no meu caso os barcos) estarem de greve que as escolas abrem antes das 8:00 para podermos entregar as crianças em segurança. Infelizmente também a muita gente que não tem familiares com quem deixar os filhos mais cedo.

é muito fácil falar quem tem a sorte de ter a alternativa carro, porque quem não tem, ...

E só para informação, aproveito e digo-lhe que um dos barcos que fez o serviço mínimo chegou a Lisboa danificado (não por humanos) porque levava mais do dobro da capacidade.

Ivone Silva

Anónimo disse...

Porque as pessoas tem de deixar os filhos na escola à hora de sempre apesar dos comboios fazerem greve. A maioria não tem opção de sair mais cedo. E na sexta-feira muitas pessoas vão "fazer greve" porque não tem como chegar ao trabalho ou onde deixar os filhos. Imagino que aí também se vai ver o habitual discurso do "se fossem trabalhar invés de andar em greves o país ia para a frente".

Mafalda

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Mafalda, infelizmente, a maior parte das pessoas que fazem greve, nem sabem porque o fazem! E sim, transtornam as pessoas que querem ir trabalhar. E sim, se toda a gente produzisse como deve ser, este país andava para a frente bem mais depressa!
:) Beijinhos!

Anónimo disse...

Perdeu uma oportunidade para estar calada...O que faz para este país ir para a frente?????'

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Ahahahaha olha que graça! Agora não posso dar a minha opinião no meu próprio blog?
E o que sabe você da minha vida para saber de que forma contribuo ou não?

Marta Verde disse...

Vi que o meu comentário foi eliminado, isto é um blog pessoal e tem todo o direito em fazê-lo, não queria de todo ser indelicada era um desabafo geral sobre o tema e ao conjunto de opiniões que hoje circulou por aqui e por ali, temos que ser nós acreditar no PAIS e lutar por ele, e não apontar o dedo ao elo mais fraco.

Marta Verde

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Querida Marta, foi sem querer e peço desculpa! Por lapso apaguei vários comentários deste e de outros posts. Neste blog não há censura! Todas as opiniões são bem-vindas! Ainda que algumas pessoas não saibam comentar educadamente. O que não é de todo o seu caso! Consegui ir buscar o seu comentário ao e-mail de notificação! E espero que continue a cá vir comentar sempre. Mesmo que as nossas opiniões sejam divergentes!! Um beijinho

"
Olá kiki, muitas das creches/JI abrem portas às 7:30/8:00h e não é possível deixar os miúdos mais cedo e por consequência disso as "pessoas" só podem chegar ao meio de transporte à mesma hora de sempre, é tão fácil apontar o dedo ao povinho e dizer que somos uns calões, pois milhares de famílias não tem uma baba ou uma avô que fique com os meninos, já aborrece estarem sempre a dizer que somos uns preguiçosos e não queremos trabalhar, não, isso não é verdade, somos um povo criativo e empreendedor e à que valorizar as nossas qualidades TODOS OS DIAS e olhe que são muitas, Marta Verde

Anónimo disse...

Amanha vou fazer greve,sim. Vou fazer greve porque sou enfermeira desde 1993,ganho 1030 euros e vão-me em 2014 descontar 90.
Levanto-me ás 6:30 da manha,trabalho 8 horas por dia,40 hora por semana,almoço em 15-20 minutos. Acha mesmo q não faço a minha parte para o pais ir em frente por fazer greve ou tenho o direito de me sentir revoltada com tudo isto? Já agora importa dizer que em casa somos dois funcionários publicos

Scarlet Red disse...

Isso não é bem assim.
Onde eu trabalhava só se podia chegar (a 2/3 do caminho que eu apanhava 2 autocarros) de comboio, não havia mesmo outra hipótese, e na linha de Sintra se passar 1 comboio de hora a hora não se consegue entrar, simplesmente.
O táxi custava entre 20/22€.
E o regresso? Com toda a gente que eu conheço a trabalhar em Lisboa e todos os colegas a morar na linha de Cascais, vir de Sintra para a Amadora era muito complicado.
Infelizmente hoje em dia parece que não se é gente se não se tem carro...