14/11/2013

Vocês ainda vão a tempo!!!!!!!!!!



Num chat do Whatsapp que tenho com mais 3 amigas... A R, a M e a S.

R - Então? Qual foi o drama?
Eu - Ele tinha acabado de morder a irmã quando cheguei à escola, não quis pedir desculpa, entrou num berreiro, no chão a espernear, dei-lhe uma palmada no rabo, ele continuou o berreiro. Depois quis trocar-me pela J e ir para casa com ela, como eu não deixei, veio aos guinchos até casa! "Não quero ir para casaaaaaaaaaaaaa!" Chegou a casa e esteve meia hora na porta de casa aos guinchos a espernear e a deitar ranho e continuava a dizer que não queria vir para casa............... Meninas!!!!!!!! A M já não vai a tempo!!!!! Mas vocês vãooooo!!!!!! Usem preservativo!!!!
M - Loooooooooooooool

A R e a S nem responderam!



A sério! Não sou só eu que o digo!!! Vejam este vídeo!



10 comentários:

Lilian disse...

Vê a coisa pelo lado positivo... Deitar ranho é bom, limpa as vias respiratórias. Ah, e pensa que quando forem adolescentes vai ser pior. Por isso se calhar agora nao é assim tão mau... Eu tenho saudades de quando os meus filhos faziam isso ( na realidade so um de entre os três é que fazia). Agora só me apetece... Olha nem digo o quê, tenho medo dos teus leitores malucos. Beijo

saudosa disse...

Tá bem, tá bem.....

Mas depois de manhã acorda e abraça-te e diz: Bom dia Mamã!

E tu derretes-te toda e achas que ser Mãe daquela criatura é a melhor coisa do mundo!!!

Ou não é?

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Bolas!!! Apanhaste-me!! ;)))

Beijinhos

luarmina disse...

Comecem a educar desde o berço k isso n acontece. Pais demasiado permissivos criam estes "monstrinhos"...mas ainda está a tempo de ser uma mãe carinhosa mas firme. é k depois a criança vai sofrer, kem está para aturar isto além da mãe?

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Pois é meu amor! Tem toda a razão.. De certo que os seus filhos (se é que os tem) são muito mais educados, amados e felizes do que os meus! Prometo que vou me esforçar!

Sílvia disse...

Educar desde o berço? A sério? Isso resulta? Garantem que não teremos meninos birrentos?
Enganem-me, que eu gosto...

Ana Maldivas disse...

Eu dou por mim hoje a dizer coisas como "está grávida outra vez?!?! Coitada!". Shame on me. E não, a culpa não é dos pais que são permissivos. Nunca cheguei à porta de casa e disse: "Pronto, meu amor, faz agora uma birrinha para deitares tudo cá para fora". Há os treinadores de bancada e há os país que tiveram muita sorte com os filhos calminhos e acham que isso é tudo devido a um dom natural para ser mãe ou que tudo sabem de educação.

Jardim de Algodão Doce disse...

Hum...pelos vistos também não sei educar o meu de dois anos lol.

http://osmeusosteusosnossos.blogs.sapo.pt/ disse...

Eu tenho um filho com 5, o meu marido tem um com 3 e outro com 5 e juntos temos um com 1 ano. Isto resume a minha vida. Não preciso de dizer muito mais :) Também vi esse vídeo, chorei a rir e escrevi sobre ele no meu blogue!
http://osmeusosteusosnossos.blogs.sapo.pt/

Dulce Campos disse...

Olá, minha querida!
Sou auxiliar numa creche e tenho uma filha de 2 anos... acha que não faz birras? Ui! Faz e das bem jeitosas! E depois tenho os outros a olhar para mim a dizer entredentes: "Olha! Então a mãe é auxiliar e não sabe educar a filha?". Ridículo, não é?
Todas as mães têm o direito de cometer falhas (se as cometerem) na educação dos filhos, pois ninguém é perfeito! Além disso, quando percebemos que alguma coisa está errada nos nossos filhos, procuramos conselhos em pessoas experientes e de confiança, ou alteramos as nossas atitudes "erradas" (porque NUNCA é tarde para remendar erros).
Além disso, uma criança não é uma espécie de depósito de atos educativos. Uma criança é um ser humano em crescimento com personalidade própria (ADN) que se molda com a educação dos pais/familiares e com as vivências que adquirem do meio onde vivem!
Por isso, minha querida, e para acabar em beleza, se os seus filhos não passam fome nem frio, estão limpinhos, sabem ser educados (mesmo que façam birras) e sabem amar... então, é uma EXCELENTE MÃE!
Mande passear as "postas de pescada"!