03/03/2010

Pai é Pai...

E pronto! Não há nada a fazer!
A Luísa dá beijo de "bom-dia", beijo de "boa-noite", beijo de "Olá" e beijo "porque sim" ao paizinho dela! À mãe... Espera aí que eu volto já! Apesar de ser raro chamar o pai de PAI e estar constantemente a chamá-lo de MÃE (e o pai ficar muito ofendido), esta criança não vive sem o paizinho e desfaz-se com ele!
Apesar da febre que teve durante a tarde, estava muito bem-disposta e brincalhona. Enquanto a vestia depois do banho estavamos as duas a brincar e a fazer macacadas, mas, de repente... Ouve-se a porta da rua a abrir... Ela olha para mim com um ar de felicidade incrédula como se dissesse: Ahhhhhhhhh! Não acredito!!!
Eu: Quem é Luísa???
Ela põe as mãos nas bochechas com um sorriso até às orelhas, ouve a voz do pai no corredor e agarra-se aos cabelos em verdadeiro estado de histeria, como se a Oprah lhe tivesse dado um frigorífico em directo!!!
Agarrou-se à cara do pai aos abraços e aos beijos e pronto! A partir daí acabou-se o meu momento de glória! :P
****

4 comentários:

miss egg disse...

Estava aqui a pensar numa solução... Se aumentarmos o horário de trabalho dos "paizões" também aumentamos os momentos de glória das super mães :-P

Patrícia disse...

As chabalas parece que vêm magia nos pais.....a malta carrega,sofre no parto, faz as sopas e é chamada sempre como pronto socorro mas eles é que levam os miminhos todos.Têm mel por acaso????

Mommy Kiki disse...

Miss Egg...
Eu não sou egoísta! Não me importo de partilhar os momentos de glória! :D

Patrícia,
As chabalas são umas ingratas! :D
Quando nos quiserem pedir roupa emprestada ou convencer o pai a deixá-las chegar meia hora mais tarde a casa, quero ver quem vai ser o Ídolo! :P

Vera R. disse...

Linda, acho que são todos assim, cá em casa quem tem momentos de glória é o pai e a mãe só serve quando ele quer pedir alguma coisa...eeheheh

Bjokas