26/03/2011

Sábados cinzentos


Estes Sábados tristes fazem-me saudades dos meus Sábados em Bruxelas... Em que metade da casa estava vazia porque muitos iam passar o fim-de-semana a casa, em que eu me levantava com calma (a ressaca é irrelevante porque em Erasmus ela também acontece aos dias de semana...), tomava o meu pequeno-almoço naquela cozinha enorme a olhar pela janela de quadrados gigante a ver as árvores, os pássaros e às vezes a neve.

Calçava os ténis e ia a pé até ao mercado de Stockel. Comprava uma baguette enorme enrolada num pedaço de papel, um bocado de queijo e um ramo de tulipas para o meu quarto. Passeava pelo mercado a obsevar as flores, os produtos, as pessoas. A ouvir as conversas e a sentir os cheiros das bancas dos queijos, dos enchidos, do poulet rôti.

E quando encontrava pessoas conhecidas? Achava um máximo! Sentia que fazia parte dali!

Lá não há a cultura do cafézinho a meio da manhã, pelo que me ficava por um chocolat chaud bem espesso e cheio de espuma para acompanhar o cigarro e aquecer a alma.

Ai que saudades daquele país, daquela cultura, daquela forma de viver tão feliz e despreocupada...


****

6 comentários:

Patrícia Teodoro disse...

Só de te ler tambem eu fiquei cheinha de saudades

Alegria em Detalhes disse...

E eu também. E olha que nem conheço lá!
Beijos,
Paulinha

Alegria em Detalhes disse...

E eu também. E olha que nem conheço lá!
Beijos,
Paulinha

Anónimo disse...

Ainda por cima vieste para portugal ter filhos, olha que o abono de lá é que compensa porque por aqui nem isso vale a pena.
Existem pessoas mesmo burras..e TU de certeza que o és.

Mommy Kiki disse...

Pois é minha amiga, é fácil insultar as pessoas sem dar a cara e sem saber porque é que fazemos ou deixamos de fazer determinada coisa na nossa vida...

Ana disse...

Pois é....k saudadinhas tb tenho d mercado de Stockel....

Belas férias todos os anos...(mãe emigrante) ia á livraria, á pastelaria e ficava sentadinha a comer um docinho e a ver passar o trama.... lllooolllll