12/02/2012

Uma pena é o que é...



Será que eu sou a única que não está admirada com a morte da Whitney Houston?... Triste! Claro que estou triste! Qualquer pessoa que tenha vivido os anos 90, deve muito a ela! Os slows... As cassetes em repeat... Aquele filme maravilhoso... Aquela voz transcendente!
Mas infelizmente, a "nossa" Whitney Houston já não existia há mais de 10, 15 anos... Porque, infelizmente, se deixou levar pelo álcool e pelas drogas! E, infelizmente, são poucos os que se safam impunes dessa vida. É uma merda! É sim senhora! Mas não estou admirada... Estou triste pela filha dela, que nunca conheceu a mãe sem estar em recuperação e agora ficou de vez sem ela!
Uma merda isto das drogas! Uma grande merda!...



****

3 comentários:

Dreams and Chocolate disse...

É triste, mas realmente não fiquei admirada :/

tania disse...

realmente e mesmo uma pena,eu fui uma das que a adolescencia foi passada ao som das musica dela,anos 90,fiquei triste quando comecei a ouvir noticias a respeito dela pela negativa e pela sua independencia das drogas na altura tambem pensei que nao teria um bom fim... e ai esta....hoje acordei com esta triste noticia....

A side of me disse...

Chocada não fiquei. Mais tarde ou mais cedo o "desfecho" seria este. Mas estou triste. Muito triste. Para mim ela era A cantora. A Diva! Acho que não há ninguém com um vozeirão igual!
Ouço-a desde miúda e continuo a ouvir e hei-de continuar a ouvir. Mas realmente é uma merda. Estou triste!