28/02/2012

Venho sempre com a mesma sensação!

Sempre que venho do Porto (Norte), chego a casa com a mesma sensação! Que as pessoas são muito mais bem educadas e puras do que cá em baixo! E não gosto quando dizem que as pessoas lá em cima são mal-educadas porque estão sempre a dizer palavrões. Que os dizem é certo. Mas fazem-no sem maldade e sem intenção de ofender. Entramos numa loja, num restaurante, na bomba de gasolina, onde quer que seja, e as pessoas são sempre bem-dispostas, o trato é irrepreensível e a educação sempre nas palavras e nos actos das pessoas que não trabalham por favor mas que são agradecidas pelo que fazem. 
Cá em Lisboa, as pessoas são mais stressadas, andam a um ritmo diferente, com uma competitividade muito mais feroz em tudo na vida. O semáforo fica verde e antes de termos tempo de reagir, já está o de trás a colar a buzina!
Se formos a ver os palavrões utilizados e forma como as pessoas o fazem, percebemos claramente a diferença na intenção:
- Ó menina (atenção ao menina, detalhe importante), só vai levar morangos? Leve também umas maçãs que estão tão boas carago! 
Lá está! Um bom carago bem empregue, mas sem maldade nenhuma nem má-intenção!
E o menina? O menina derrete-me o coração! É que para muita gente, uma senhora de 80 anos, continua a ser menina! E isso é delicioso!
Depois há o contra daquilo ser praticamente uma aldeia! Toda a gente fala da nossa vida e dá palpites sem ninguém pedir. E é aí que eu gosto de voltar...

****

11 comentários:

Princesa disse...

O Porto será sempre a minha cidade. Sempre!

Maria João disse...

Do Norte como sou, e com orgulho, não poderia concordar mais. Odeio o sul, devo dizer!

Nini disse...

Quando conheci o meu marido estava a estudar no POrto, depois de umas idas a Lisboa (ele é de Lisboa) disse-lhe em tom de igualdade que o primeiro que arranjasse trabalho decidiria para onde nos mudaríamos depois de casar.
Acho que nunca me esfalfei tanto na procura de trabalho. Quando arranjei a primeira coisa que lhe disse ao telefone foi faz as malas porque eu não vou viver em Lisboa.
Também não vivo no Porto, mas sim numa terra mais pequena (Fafe). Tem obviamente a desvantagem de toda a gente nalgum sitio nos conhecer e de as oportunidades não serem as melhores, mas sem dúvida que não trocaria o meu cantinho pela agitação de uma cidade grande.
Hoje em dia ele que sempre viveu na metrópole é o primeiro a dizer que é bom de passagem...
Em compensação sempre que vamos a Lisboa sentimo-nos uns verdadeiros campónios :) só nos falta o garrafão do vinho Lol...

Mary disse...

Eu sou uma Lisboeta a viver no Porto à quase 7 anos, e a tua última frase diz tudo, mas atenção adoro o Porto e já está no meu coração.
É uma aldeia grande em que estamos em qualquer sítio em poucos minutos, algo que em Lisboa é impensável,áreas de lazer óptimas e pessoas maravilhosas, agora o serem intrometidas e darem paplites sem ninguém lhes pedir opnião, acontece frequentemente, especialmente na familia e é algo que não estava habituada e não acontece na minha família que vive em Lisboa, em que somos todos mais independentes, mas atenção eu falo com meus pais ao telefone 2 a 3 vezes por dia, algo que não vejo na familia do meu marido, mas não sentimos necessidade de nos intrometer na vida uns dos outros.É isto que me faz voltar a Lisboa sempre que possa, opinião de quem vive as duas realidades.

M.P. disse...

Nao sou do Porto, mas vivo cá já há 7 anos. Não me imagino a viver noutro lugar, por todos os motivos que referiste. Além de que em 5/10 curtos minutos vamos da baixa à beira mar. É tudo pertinho, tem lugares maravilhosos, e as pessoas são muito mais amorosas e bem-encaradas. Vivi 2 meses em Lisboa e desisti. Vim-me embora antes que desse em doida!

Anónimo disse...

sou madeirense casada com um nortenho e nos os madeirenses somos mais simpaticos lol claro ke há os madeirenses complexados hhhhhehhhehe

Ana disse...

Eu sou Nortenha, a primeira vez que fui a Lisboa , foi de férias.
No metro , com a mala , não houve uma alminha que me ajudasse a subir aquela escadaria (ainda não percebi porque há subidas com escadas rolantes e outras sem...) , mesmo eu indo a barafustar com a lingua de fora ninguem se ofereceu, alguns até quase passavam por cima.
No Porto, nem preciso de bufar, basta me verem carregada que vem logo duas e três pessoas ajudar.

Quando fui pela primeira vez a uma paragem de autocarros Lisboeta, cheguei e muito contente disse "Bom dia!"...ficaram a olhar para mim tipo "Quem é esta?" ou "Mas eu conheço-te?" fiquei tão entalada... No Porto, é impensavel, chegar a lugais publicos, e não dizer bom dia/tarde/noite...seja nas paragens, salas de espera, elevador, onde for!!! Para mim é normal!!

São muito diferentes...

Só sedas disse...

Ó Kiki, nem vou acrescentar mais nada, tu sabes. Só não opina o mesmo quem não conhece e nunca lá morou!

Kiki disse...

Portanto vivó norte carago! :D


Anónimo: Estive em Porto Santo no ano passado e adorei as pessoas de lá. Muito simpáticas e calorosas. :)

Su disse...

Sou mesmo simpática e educada carago!

ahahahahah

sonia disse...

LOOOOOOOOOOL

Fartei-me de rir com uns poucos de posts atràs dos outros!

Beautiful!