11/09/2013

Já percebi porque é que há tantos malucos neste país.

A busca diária de trabalho pode levar as pessoas a um estado de insanidade quase perigoso! Já imagino pessoas à batatada à porta das entrevistas de emprego. "Nãoooooooo! Este é meu!!!" E pronto! Lá se vai o emprego por má conduta e agressão logo no dia -1.

Estou practicamente a desistir de procurar trabalho como educadora. Os poucos anúncios que havia, nem se deram ao trabalho de agradecer a candidatura. (Vá... Não se riam! Eu sou das antigas) Nesta altura do campeonato é de estranhar que haja uma escola à procura de uma educadora.

Resolvi então voltar uns passos atrás, Account na área do Marketing e Publicidade. A maior parte pedem Juniors ou trainees. Ou seja, mancebos a trabalhar por 10 e a ganhar por 1/2. Descubro um anúncio que parece ter sido feito a partir do meu CV. Experiência nisto e naquilo a falar francês, nesta área tal com traquejo em Y. Fico louca de entusiasmo!!! Respondo ao anúncio e dou-me conta que é de Fevereiro... Se era à minha procura que andavam, acho que fiquei pelo caminho.

Depois para responder a um anúncio, temos de fazer registo em 24 sites. Cada um obriga-nos a por a morada, o telemóvel e o tamanho das cuecas. Não entendo o porquê da necessidade de tanta informação. Deve ser para entupir servidores. Assim como os anúncios de Fevereiro... Não sei o que ainda andam lá a fazer... 

De maneira que vou ali pegar no aspirador e depois dar uma volta a pé porque já aqui estou há uma hora nisto e já só me apetece "amandar" com o computador à parede!


Nem quero imaginar as pessoas que andam nisto há anos!

17 comentários:

Vera Coelho Dias disse...

Também ando no mesmo filme....

Raquel Lourenço disse...

Como a entendo...
Também sou educadora e, também eu, desespero à procura do meu lugar...
Estou colocada como auxiliar num ATL... Não é isto que desejava ao estudar na ESE... =((

Anónimo disse...

É isso e encontrar um anúncio que parece feito para nós, onde a cada linha ficamos mais e mais empolgadas, começam a voar borboletas no nosso estômago e quando chegamos à última linha damos de caras com... "Funchal" :'(
Beijinhos e boa sorte,
Ana Gomes

Carla Isabel disse...

Faz uma meditação. Tranquilamente, pede que te seja dado o melhor para ti. ;)

Beijinho

Ditavora disse...

Para quem procura emprego na area de educadora, auxiliar etc,, aqui vai um anuncio

http://www.empregoeformacao.com/ofertas-emprego/trabalho/29688-educadoras-de-infancia-e-auxiliares-educativas-para-telheiras-lisboa

Jo disse...

Infelizmente é mesmo assim...

Raquel disse...

É desesperante sim! Boa sorte!


http://margaridaflordaminhavida.blogspot.pt/

Sandra Gois disse...

Infelizmente sei muito bem o que isso é, há 2 anos que ando nisto.
Boa sorte

Mariana Barardo disse...

Olá, bom dia. É tudo verdade! Nem imagina o quanto custa isso tudo multiplicado por 2 anos de procura. E espero bem que não venha a saber! Não, não é por ser das "antigas". Portugal não tem pessoas formadas nem educadas para perceber o flagelo que é estarmos nesta situação e nunca recebermos uma resposta sequer. Nem que fosse de forma automática da empresa para a qual nos candidatamos. Nada. O assunto (parece) que morre. Quando respondi a um anúncio para fora só para ver o feedback, até mails sobre o estado do processo eu recebia. Quando mandei um mail para saber mais porque entretanto houve um dia ou dois sem notícias, o responsável dos RH mandou-me um mail personalizado a dar-me conta da situação. É outro mundo mesmo!!! Quase (para nós, claro!) surreal!
Já para não falar nesses registos infinitos para respondermos a um anúncio. Pior é quando nos pedem dinheiro para responder senão nem sequer vemos para que e-mail podemos responder. Sim, sim... no EmpregosOnline funciona muitas vezes assim. Uma vergonha denunciada (por mim) à DECO, mas para variar, sem efeitos. Outro problema é haver empresas fantasma que andam a pedir CVs para construir bases de dados. Um abuso! Muito triste!
Mas olhe adorei o seu post de hoje porque é mesmo isso. Uma verdade cada vez mais dura que se está a viver neste país demasiado brando também!

Ditavora disse...

Para quem procura emprego na area de educadora de infancia/, auxiliar etc aui vai um anuncio

http://www.empregoeformacao.com/ofertas-emprego/trabalho/29688-educadoras-de-infancia-e-auxiliares-educativas-para-telheiras-lisboa

akombi disse...

desesti aos 35 anos, hoje estou com 39, tb pelas razões que enuncias, mas tb pq olhavam para o meu cv e viam o tempo de intervalo entre trabalhos, sim optei por ficar em casa qd as minhas filhas nasceram tudo pq os ordeandos nunca compensaram as despesas de infantarios, deslocações etc, e tb pq 35 anos jä se é velha :( ........enfim, dediquei-me ao crescimento delas e ao trabalho do marido, não me arrependo mas tenho msm que mudar de vida, trabalho e casamento não funcionam, e o facto de não ter a minha independencia economica o dar ás minhas filhas aquilo que não posso dar sozinha, o elas estarem vada vez mais independentes estão-me a faser pensar muito no futuro, no MEU futuro, 40 anos será uma boa idade para assinalar mudanças!

Calma e muita sorte por ai.

Ana Princesa disse...

Join the club...
Melhores dias virão!
:/

Ana Princesa disse...

Join the club...
Melhores dias virão!
:/

Anónimo disse...

Bom dia,

Leio o seu blog e vi este anúncio e lembrei-me de si.
Não sei se é viável, mas espero que sim!

http://www.empregoeformacao.com/ofertas-emprego/trabalho/29688-educadoras-de-infancia-e-auxiliares-educativas-para-telheiras-lisboa

Muita força na busca pelo emprego!

Mariana

Anónimo disse...

Ups, acabei de ver acima que já tinham publicado!

Mariana

vidasdanossavida disse...

para a área de marketing e comunicação o site cargadetrabalhos é o melhor. boa sorte

Anónimo disse...

Pode ser que interesse: Em Macau está aberto consurso.
http://bo.io.gov.mo/bo/ii/2013/38/avisosoficiais.asp#dsej1