01/07/2011

Sobre o novo imposto

Toda a gente sabia que as medidas da troika iam ser postas em prática agora!
Toda a gente sabia que só agora é que íamos sentir na pele a dor da crise!
O país não sai do buraco sem o esforço de todos!
Se me custa perder parte do subsídio do Natal? Claro que custa! Até porque eu sou daquelas que, mal recebe os subsídios, nunca consegue gastá-los em presentes ou férias porque há sempre uma merda qualquer encalacrada para resolver!
Vais-nos custar? Vai! Há pessoas que nem se vão aperceber? Há! Mas infelizmente é assim! E não vale a pena estarmos já a lançar raios e coriscos a este novo governo porque eles estão apenas a tentar limpar a casa! E eu espero que daqui a 5 anos nos possamos vir a rir da piscina de bosta onde o camelo do sócas nos deixou a morrer afogados!

****

8 comentários:

JT disse...

Concordo plenamente ctg! E mais, até os que recebem os rendimentos mininos deviam ser cortados, e começarem a fazer trabalho comunitário! Onde eu vivo há disso (rendimentos minimos) a potes! Fundo de desemprego, carimbos, etc e tal, muito bem... mas com trabalho comunitários! Há muitas praias, ruas, florestas a limpar! Sejamos utéis meus Sr(s)! Mãos á obra! Jts (";)**

ranchofolcloricomundão disse...

Concordo e assino ;) beijinho!

Jo disse...

Totalmente de acordo!

Rita disse...

carol e JT concordo c as 2!
claro q acho q antes do 13º mes podia haver outros cortes, mas p descermos 2 pontos percentuais do defice tinhamos de começar por algum lado. vamos ver o q se segue.

Sílvia disse...

Ainda ontem dizia: "Mas este pessoal está à espera que este governo nos tire do buraco sem fazer nada?"
Até enerva...

♥pezinhos de lã♥ disse...

exacto. eu sou como tu. tenho sempre alguma coisa pendente para o subsídio, mas mesmo assim acho que até foi uma medida razoável.claro que preferia receber o meu subsídio por inteiro, mas da maneira que o país está não se esperava outra coisa. a ver se isto é o começo para o equilíbrio do país, que já ando fartinha da crise e das suas consequências.
bjs

Coisinhas Caseiras disse...

Concordo contigo e com o governo. E mais, há países na Europa que não recebem subsidio de Natal, por isso não estamos assim tão mal.

Maria João disse...

Aqui não há subsidio de Natal, por exemplo. Nem de férias...Por acaso ind ahoje eu e o meu marido estavamos a comentar sobre essa nova medida e acho muito bem. Sabes que os Portugueses estão muito habituados a que as coisas se resolvam sem levantarem o dedo mindinho...