10/06/2012

Culpa, culpa, culpa!

Daqui



Culpa por deixar, culpa por não deixar.
Culpa por dizer, culpa por não dizer.
Culpa por ralhar, culpa por não ralhar.
Culpa por ficar, culpa por ir.
Culpa por fazer, culpa por não fazer.
Culpa por amar de mais, culpa por amar de menos.
Culpa por vestir, culpa por despir.
Culpa por abraçar, culpa por não abraçar.
Culpa por dar de mais, culpa por dar de menos.

No dia em que eu deixar de sentir culpa em relação à educação dos meus filhos, é porque morri!

****

9 comentários:

Mum's the boss disse...

A culpa que uma mãe sente é inevitável! É como ter diabetes, tás a ver? Sabes que é para a vida...! não há nada que possas fazer em relação a isso. Se comeres já sabes que aumentas os níveis, se não comeres, ficas desconsolada, enfim, não vou estar a explicar.
E como É UM FACTO, não há nada a fazer. É lidar com isso e não nos sabotarmos (porque somos nós que o fazemos) e continuarmos com a nossa vida.
Tenho um post iniciado sobre o tema, onde comparo com a diabetes... lol!!! devia pegar nele :) Adorei, Kiki do meu coração!

Kiki disse...

Obrigada querida! :)
Infelizmente é mesmo isso! Será um mal crónico e espero que não seja degenerativo! :P
Mas é do caraças!

Biejosss

IsabelCunha disse...

Porque nos sentimos assim...

anasantos79 disse...

Culpa?! Não te culpes porque ser uma boa ou má mãe ...ser mãe é uma apreendizagem e podemos errar de vez enquanto inocentemente,a propria vida é uma apreendizagem!

beijinhos doces **

macacagravaporcima disse...

podes crer... é que é mesmo isso!!

Melancia disse...

Parece que faz parte do pacote! Há sempre qualquer coisa que nos faz pensar que falhamos, que não fomos suficientes . Mas isso só acontece porque nos importamos de verdade, logo, estamos no caminho certo!

Maria de Lurdes disse...

Faz parte, mas não devia... raios!

Smile disse...

TU, eu, todas... Culpa eterna por fazer o melhor que sabemos

é bom que haja sempre culpa, é incentivo a fazer sempre melhor e principalmente a não baixar os braços

Sónia disse...

como eu te entendo! acho que todas as mães e pais sentem o mesmo em relação aos filhos, pensamos que nunca fazemos o suficiente. Mas todos fazemos o melhor que podemos e sabemos afinal eles não vem com manual de instruções :)