05/06/2012

Uma aventura no registo civil

Perdi o meu BI. Estou desolada... O meu último elo de ligação com a República Portuguesa. O único BI em que fiquei com uma fotografia de jeito. O meu primeiro BI de casada. E com uma fotografia onde já estava grávida da Gigi e ainda não sabia. (Descobri 5 dias depois.) Queria ter guardado de recordação para um dia mostrar aos meus filhos e aos meus netos o Bilhete de Identidade da República Portuguesa. 
Agora vou passar a ser Cidadã Europeia... E no estado em que isto está não é grande motivo de orgulho. 
Adiante! Imprimi um scann do dito BI e fui ao registo de Cascais. A parte boa de viver numa terrinha é que só tinha duas pessoas à minha frente.

- Bom dia! Vim tirar o cartão de cidadão.
- Tem algum documento consigo?
- Não, perdi o BI... Mas tenho aqui uma cópia.
- Não serve. Carta de condução?
- Foi apreendida e ainda não fui buscar... (Ups!)
- Passaporte?
- Ups... Nem me lembrei... Não trouxe!
- Mas com essa cópia não posso fazer o documento.
- Porquê? Está aqui uma fotografia. Tinha menos dois filhos na altura, mas vê-se bem que sou eu!
- Mas a senhora podia ter colado aí a sua fotografia. Não pode ser. A menos que tenha uma testemunha, um familiar.
- Uma testemunha? Mas eu podia chegar lá fora, pagar 5€ a uma pessoa e essa pessoa dizer que sou eu!
- Nesse caso, tinha de ser duas testemunhas. Olhe bem à sua volta. Conhece alguém que possa servir de testemunha?
- Está a falar a sério?...

É aproveitar minha gente! Neste país é fácil fazer documentos oficiais com identidades falsas. Basta pagarem 5€ a duas pessoas que sirvam como testemunhas!

Fui a casa buscar o passaporte e já fiz o meu cartão! Estou triste!
Ah! Tenho boas notícias! Cresci 2cm nos últimos 5 anos. Já tenho 157cm e por isso já posso dizer que tenho quase 160cm. 'Ca bom!

****

9 comentários:

Full-time Mom disse...

Ai, burocracias... Põem-me à beira de um ataque de nervos! Bjs

Maria de Lurdes disse...

É uma comédia pegada!
Ao menos tiveste sorte, a mim tiram sempre centímetros, fico sempre muito triste!

Mum's the boss disse...

ahahahah!
Como é que é possível que te aconteçam estas coisas, mulheri?

Tu nao queres escrever um livro com as aventuras da Kiki?
Publicas em modo virtual aqui no blog, se nao quiseres editar um! A sério, estamos todos a precisar. É que só tu! E eu quero o meu exemplar assinado, boa?

Melancia disse...

1,57... Ah ah ah... és mesmo baixinha!
(fala o 1,58 cá do sítio)

Kiki disse...

Hahahahah És um gigante Melancia! :D


Mum, és um doce! Só se fosse um livro de anedotas! E claro, o teu teria um dedicatória especial! :D

Alexa ML disse...

É verdade! O meu irmão perdeu o CC e quando o foi fazer disseram-lhe isso das testemunhas (porque ele perdeu a carteira inteira, ou seja, não tinha um único documento seu). E nós moramos numa ilha, toda a gente se conhece!
Valeu que a rapariga que estava ao balcão o conhecia (servia como testemunha) e eu estava lá. Na altura tinha menos de 18 anos (acho que temos de ser maiores de idade para tal), mas como era familiar directa lá serviu..

Lina disse...

E a disponibilidade para ajudar desta gente? Mil maneiras que tinha para dizer as coisas e é dessa maneira que tratam as pessoas. Tira-me do sério.

Sofia disse...

Muito bom! Eu aproveito sempre para tratar de burocracias quando estou à espera de bebé... Não que deixe de haver filmes desses, mas pelo menos sou atendida primeiro :-)

Vanilla disse...

É a realidade! Trabalhei um ano numa LC, como tu, ouvi muito boa gente a reclamar, mas tinhamos de cumprir as regras. É mesmo muito fácil, basta as testemunhas que não tinham de nos provar nada, claro que se mais tarde houvesse um problema, "nós" tinhamos as mãos limpas já as testemunhas tinham de responder perante as entidades competentes. É tudo para lavar as mãos e livrarem-se das responsabilidades. É o nosso País.