06/11/2016

É por isto que há tantas mulheres sozinhas!!

De cada vez que encontro alguém, a pergunta é sempre a mesma! E gajos? (A seguir a "como estão os teus filhos?")

E a resposta é sempre a mesma... 
- Nada de especial! 

Depois pús-me a pensar porque é que a resposta é sempre a mesma e cheguei à conclusão que a culpa é minha!! Exigência a mais. Mas, ou muito me engano, ou são palettes de nós na mesma situação. E resolvi descortinar os motivos que levam uma mulher a descartar um bom naco de carne (razoável, vá! Que se fosse assim tão bom, não era descartado!) e cheguei à conclusão que são quase sempre os mesmos!! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Depois manda-te uma mensagem e escreve "chegas-te" em vez de "chegaste". 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Depois vem ter contigo e... Aqueles sapatos! Ninguém usa aqueles sapatos... 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Depois dá-te um beijinho e... Aquele perfume terrível que tu detestas e nunca suportaste! 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Só que tem 40 anos e vive sozinho há uma alarvidade de anos. Demasiados vícios de solteiro... 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Odeia cães! 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Fala na mãe dele e trata-a por MAMÃ. 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Vão beber um copo e ele olhou mais vezes para o telemóvel do que para ti. 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. Vão jantar fora e o telefone toca 5 vezes. Uma era a Joana, a outra era a Maria, na terceira era a Marta, na quarta era a Isabel e na última era a Mariana. 
DESCARTADO! 

O rapazinho até é simpático. Até demonstra algum potencial. De cada vez que abres a boca ele interrompe para contar uma coisa espectacular que fez e na qual se saiu espectacularmente bem. 
DESCARTADO! 

E portanto é isto! Vou continuar a responder "Nada de especial!" enquanto a oferta se mantiver. 

Amiguinhas #tamujuntas !!! 

13 comentários:

Muna disse...

É tão isso!

Anónimo disse...

Também pode muito bem ser o oposto....

Célia Gouveia disse...

Assino por baixo!
"Nada de especial" a resposta ideal!

Maria Mano disse...

A última que ouvi (aliás li, foi por sms) de um "nada de especial" (depois de duas saídas muito sem sal) foi: "acho-te piada, DECIDE-TE"...
"Decide-te"?!? temos mais que fazer, é?

André Parente disse...

Não é bem por isso. Mas um dia vais descobrir e "cair do cavalo"... ;)

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Ahahahahahahaha que maravilha!!!!

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Deus te ouça!! :P

Lenia Rufino disse...

'Xa cá contar-te uma história...

Era uma vez uma pessoa que eu cá sei que conheceu um rapazinho assim giro nas horas, com piada, carregadinho de charme e com tudo no sítio. Mensagens para cá e para lá e "olha, aquilo que disses-te há bocado...". Bom, apareceu ali aquele hífen do demónio, mas sabe a diferença entre há e à e não está tudo perdido. A dita pessoa que eu cá sei podia tê-lo mandado com o caraças, visto que até é assim um bocado nazi dos erros ortográficos mas, em vez disso, preferiu dizer qualquer coisa como "olha, vamos tirar os tracinhos do meio das palavras, boa? "Disseste", "comeste", "fizeste", etc.". E o rapazinho giro - e esperto - agradeceu a dica, disse que gosta de aprender e pediu para a pessoa o ir corrigindo. E a pessoa lá continuou feliz e contente com o seu rapazinho giro e cheio de charme. Que dava um erro chato mas que aprendeu rápido. Conclusão: se calhar às vezes, em vez de chutarmos logo para canto, podemos, sei lá, dar a dica aqui e ali. Se acharmos que vale a pena, claro. Ela achava. E vale. E a brincar, a brincar, assim do nada, aquela pessoa que eu cá sei encontrou uma pessoa como deve ser, por quem se apaixonou a sério. E está feliz! Vê lá tu bem o que ela podia ter perdido à conta de uns hífens fora de sítio... ;)

Joana Carvalho disse...

Amei este post!!! Ainda bem que somos exigentes, é sinal que estamos crescidinhas e sabemos bem o que (não) queremos!

Beijinho,
Joana

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Ahahahahaahah que românticooooo!!!!! Tens razão! Não podemos ser tão exigentes!!! :P
Que bom que "essa" pessoa encontrou esse rapazinho!!! <3 ;)

Lénia Rufino disse...

A cena até pode vir a correr mal, que isto nunca se sabe. Mas não é por falta de tentativa... (e o rapazinho é bem giro, que eu já o vi e sei do que falo!!! A tal pessoa tem razões para se ter perdido pelo homem...)

;)

Anónimo disse...

Até que um dia é O DIA ! Tenho 45 e encontrei-O !

BMC disse...

Quase descartava o blog com tanto feminismo mas aproveito para lhe dizer que descartar um homem porque não gosta dos sapatos é como descartar uma mulher porque não se maquilhou. Demonstra falta de objectividade e põe-se a jeito de encontrar um que preencha todos esses requisitos e de vez em quando leve os seus sapatos fantásticos e perfume irresistível a passear a casa de outra amiga.
Um homem (tal como a mulher) mede-se pelo caracter e não pela escolha de calçado.
Contudo, não deixa de ser divertido conhecê-la.