13/11/2011


Tenho uma capacidade muito irritante de esquecer completamente coisas más que me acontecem ou que as pessoas me fazem.
Ao ponto de, há um tempo, uma amiga me tentar reavivar a memória sobre um determinado episódio (supostamente tão importante quanto negativo) e eu não conseguir sequer lembrar-me de quando é que aquilo tinha acontecido, nem como...
Não sei se é uma forma genial de perdoar as pessoas, ou uma forma estupidamente anormal e parva de me defender. Até porque não sou orgulhosa e peço desculpa com facilidade quando sei que erro, mas ao contrário, fico imensamente infeliz quando alguém de quem gosto me magoa ou é injusto comigo, ou me faz alguma coisa que eu seria completamente incapaz de fazer a essa mesma pessoa... Mas pronto! Já sei que daqui a um tempo nem me vou lembrar disto... E isso pode ajudar a amenizar a dor e a desilusão... Or not...

****

3 comentários:

Só sedas disse...

Olha já somos duas. A sorte é ter uma irmã que é o oposto, lembra-se de tudo e lembra-me a mim. Também não sei se é uma forme de me defender ou de perdoar. Quando a zanga é grande e o motivo o jusstifica, a pessoa morre para mim, quando as coisas são pequenas simplesmente não ligo e esqueço porque ha outras coisas bem mais importantes do que picuinhices que se transformam em zangas por dias de mau humor, chuva, ter entalado o dedo do pé ou afins mas confesso que há coisas que não deviamos esquecer sob pena de as pessoas nos poderem fazer de parvas embora não me considere parva, tenho sim, interesses maiores.

beijinho e bom domingo!

Anónimo disse...

eu nunca me esqueço o ke me fazem, mas deixo de sentir magoa mto facilmente, a minha mae dizia-me sempre ke uma noite de sono e passava-me tudo..hoje ja mulher continuo igual..durmo e passa-me lol
enfim n sei se é defesa acho ke é mesmo feitio..e tu tens o teu :DD

Emília Araruna disse...

Sou exatamente como você... Creio que isso, realmente, nos protege de todo o mal que transita por aí!!! Afinal, para que lembrar de coisas que não nos trazem felicidades??? :)