26/01/2012

As guerras ganham-se com pequenas batalhas!

Ontem perdi... Hoje ganhei!
Pús a Gigi na nossa cama e deixei-o a espernear na cama dele! Quando via que o choro era mesmo aflitivo ia lá por-lhe a chupeta e deitá-lo, mas o resto do tempo estava ele a berrar na cama e eu sentada no chão do lado de fora do quarto. 
E foi assim que, passados 45min, a casa voltou a estar em silêncio. Esta manhã fui encontrá-lo feliz, com o cabelo desnorteado e um rasto de ranho seco pela bochecha fora! Mas parecia feliz! Acho que não aparentava nenhum trauma!

Espero que hoje, seja ainda melhor!

Vicente 1 - 1 Mãe

****

7 comentários:

Clementine Tangerina disse...

Esta noite por ca tb foi terrivel o tomas as 2 e tal estava cheio de febre...e só queria colinho...lá o consegui acalmar e dormiu na cama dele ate as 6 da manha...depois n resistiu e quis vir para a nossa! as melhoras do vicente*

Kiki disse...

Ohhhh As melhoras!!!

(O Vicente não está doente! Está mimado! :P )

Beijos querida!!!

Só sedas disse...

Boaaaaaaaaaaaa!

Nini disse...

Por muito que o nosso coração fique apertadinho ao ouvi-los chorar, há alturas em que tem que ser mesmo assim. Deixá-los descarregar a frustação e perceberem que quem dita as regras lá por casa são os pais. Mas mais dia menos vai tentar pô-la à prova novamente ;)

Maria de Lurdes disse...

YAY

Ninguém faz farinha com os pais, batalha ganha!

Mamã disse...

Ui como eu te percebo! Aqui por casa passou-se o mesmo com a minha mai nova! E eu não cedi e ganhei a guerra... Passei algumas horas de noite deitada no tapete do quarto dela, também tremia só de pensar no que me esperava quando a deitasse, enfim... Passavam-se mil e uma coisa pela cabeça e só queria deitar-me e dormir. Foi uma fase que passou, mas nunca cedi. E não concordo nada que estou a criar filhos sem autoestima, só porque não partilhamos todos a mesma cama!

Maria João disse...

Obviamente que foi o resultado do vinho tinto!!! :) És mulher de coragem. Assim é que é!! Toma Vicente (pobre criança:))))

A sério, é mesmo assim que se faz, na minha opinião, é preciso é coragem e persistência. Espero que esta noite seja fácil.

Bjinhos!