04/07/2016

Um mês de ti nas nossas vidas!



Querido cão! 
Hoje faz um mês que chegaste a nós. Fisicamente, porque, na realidade, já esperava por ti há dois meses. 

Incrivelmente, um mês é igual a nada, porque o que parece é que já cá estás há muito mais tempo. E nada ficou como antes... 



A esfregona está sempre pronta! As nossas pernas sempre arranhadas! Aquele espaço na sala, sem a tua cama, ficaria vazio e inútil. 
Há um mês que andamos à pato, de pernas abertas e em bicos de pés porque tu não nos largas as pernas e o risco de apareceres do nada e te pisarmos é enorme. 
O chão já não está sempre impecável. 
Há um mês que não há brinquedos na sala nem sapatos espalhadas porque tu não deixas escapar um único esquecimento e gostas de coleccionar o que apanhas na tua cama. 
Os vasos das plantas estão carecas. 
A roupa com mais pelo. 
As minhas horas de almoço deixaram de ser no café para vir a casa tratar de ti. 
As idas ao supermercado são agora mais rápidas para vir para casa ter contigo. 



Já não te levo ao café debaixo do braço porque cresceste para o dobro e já não dá para andar contigo ao colo. (Desejosa que possas andar na rua pela trela!!!)
O primeiro pequeno-almoço a preparar é o teu! 
Eles não vão para a cama sem que vás até ao quarto dar-lhes boa noite e eu já não me sento no sofá sem que estejas enrolado ao meu lado ou nos meus pés. 
Já obedeces às ordens "senta", "busca", "aqui", "não" e "cama". 

Tudo ficou mais animado! O trabalho triplicou. Quadruplicou! Não te trocaria por nada! E já não imagino a nossa casa sem um DARCY, NÃO!!!



Obrigada cão! Mr Darcy lindo da sua Bridget! 

1 comentário:

Celia Lopes disse...

Eu tenho uma familia de Labradores, pai, mãe, 4 filhos e um tio Perdigueiro.
A casa sempre com pelos, a roupa também.
Ficar na cama após as 7 da manhã é mentira, andar descalça deixou de ser possível, sentar no chão é ficar com dezenas de kilos em cima e muita lambidela. Por vezes ainda pensam que pesam 3 kg em lugar de 40, mas as nódoas negras nas pernas já diminuiram!
O meu pequeno almoço é sempre o último, assim como o jantar.
O jardim resume-se a arbustos e pinheiros, com alguns buracos pelo meio. Apanha de cocos diária...
Mas é um amor incondicional e é tão bom, tão doce e tão puro!!!