13/12/2011

E a maternidade?

Este post deixou-me a pensar... Afinal o que é que a maternidade me trouxe?
Trouxe-me um amor que desconhecia. Um daqueles que é único, que só cresce, cresce e nunca se esgota, nunca se desgasta, só evolui, só surpreende. Fez-me mais paciente, mais tolerante. Fez com que passasse a relativizar os problemas e a acreditar que enquanto estivermos juntos e com saúde, nada mais importa! Fez-me compreender melhor os meus pais e dar mais valor à minha mãe! Às minhas avós! A todas as mães do mundo! Muito mais valor! Fez-me descobrir o medo! O medo de perder alguém, o sentimento de impotência e de pequenês quando algo acontece que fica fora do nosso controlo e que possa magoar as pessoas de quem mais gostamos. Fez-me descobrir a ansiedade de ter a certeza que eles estão bem, que estão agasalhados, que estão comidos e dormidos como deve ser. Sem preocupações exageradas, mas com o bichinho sempre alerta. Fez-me descobrir que o corpo facilmente se habitua a dormir menos e não deixa de ser saudável por isso. Fez-me dar valor a pequenas coisas como ter 5 minutos em silêncio, tomar um banho sozinha ou fazer xixi de porta fechada. Fez-me passar a ter tempo para observar uma folha de Outono, para apanhar uma formiga do chão ou contar pedrinhas. Descobri como é maravilhoso ver um filho sorrir ou ouvir uma gargalhada deles. Descobri que sou capaz de virar um bicho se alguém lhes fizer mal! Fez-me perceber que tenho dentro da cabeça um super computador com vários Gigas de memória e um processador rapidíssimo onde se processam pesos e alturas, ementas de refeições, horários de escolas, cabeleireiros e pediatras, datas de aniversários da família, amigos e filhos de amigos, data da revisão do carro e horário da montagem da TV cabo, um pouco de cada doença, seus sintomas e tratamentos, a apresentação importante daquele cliente, o nome dos filhos da colega e o perfume preferido do marido. Fez-me gastar menos dinheiro em roupa e saídas e perceber que isso não tem mal nenhum nem faz falta! Fez-me descobrir como é perfeita a Natureza mas, sobretudo, fez-me muito mais feliz!

****

12 comentários:

Duchess disse...

Tão, tão bonito.
(muito mais bonito do que o meu, diga-se de passagem)
:)

Melancia disse...

leio e penso que poderia ter escrito igual... gosto dests coisa de "mães" com sentimentos em comum

Full-time Mom disse...

Gostei muito!

Rita disse...

amei a do computador...

Su disse...

Kiki amei o teu testemunho sobre a maternidade... simplesmente espetacular.

E está tudo dito... Parabéns mãe fixolas.

Quando for grande quero ser mãe de muitos :)

Só sedas disse...

Depois disto até se fica com vontade de ter filhos...

Romantica disse...

Lindas as tuas palavras!!!

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

:)

célia disse...

Adorei tudo o que escreveste! Ser mãe é mesmo isso tudo e sabe tão bem!!! Beijinho grande para todos.

Marisa Reis disse...

Ao ler o teu post senti que poderia ter escrito exactamente o mesmo. :)

Baunilha disse...

grande post - grandes verdades! lindo de se ler, até fiquei com a lágrima no olho! sinto o mesmo, mas não o diria tão bem!

ana cerneleanu disse...

Tal e qual! Amei!
bjs