02/12/2011

Ufa!

Ainda com isto bem presente, (faz hoje uma semana) só consegui deitar-me às 3h da manhã... Constantemente a por-lhe a mão nas costas, no pescoço, na testa... Constantemente a ver se a febre aumentava, se a respiração estava normal, se apresentava algum sinal duvidoso. Às 3h da manhã a febre tinha desaparecido e a respiração estava mais calma. Fui para a cama mas sempre alerta. A cada barulhinho vindo daquele quarto levantava a cabeça para ver se ouvia alguma coisa anormal. Acordou bem-disposto e sem febre. Acho que posso respirar de alívio! 

Mais uma noite que passou e continuamos todos juntos!

****

2 comentários:

Rita disse...

Minha querida, será esta e todas as noites que irão passar juntos. Infelizmente estas coisas acontecem e nós pouco ou nada podemos fazer para as prevenir.
Continua a ser a super mãe que sempre foste e não penses mais nestas coisas!

Kiki disse...

:')