24/04/2012

Do feriado

Detesto feriados a meio da semana! Prefiro quando são colados ao fim-de-semana... Fico baralhada... Hoje parece sexta-feira, mas amanhã afinal é Domingo e vai-se a ver não se sabe muito bem se o dia seguinte é quinta-feira ou segunda-feira... Bah...
E este feriado que se segue, por mim, abolia-o do calendário cá com uma pinta!


****

19 comentários:

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

Também não gosto muito! Mas pronto fico com o miúdo em casa, só os 2, vamos almoçar à minha mãe e é isto!

Smile disse...

já ninguém o comemora, pois não? Já ninguém tem estampado no rosto o significado "d'aquele" dia... É a vida, tudo passa
Hoje é sexta, amanhã será domingo, depois segunda e depois sexta, segue-se o sábado e por aí adiante
Para mim, hoje é domingo, amanhã é domingo, depois de amanhã será domingo e assim será DOMINGO até ao dia 02 do próximo :)
isto, não querendo ser mázinha, mas sendo :)

macaca grava por cima disse...

eu adoro feriados, sejam eles a meio, no fim ou no início da semana... Só não gosto qd são ao fds!!! :-) Estes assim a meio da semana dão para quebrar a rotina, sabe tão bem...

Té F. disse...

Assim a semana passa mais rápido :) e pra semana vem lá outro :)
Parece que o do dia do Vicente é que é suposto deixar de ser...e o de 15 Agosto também!
Beijocas

Kiki disse...

É verdade Té! Preferia ficar com o do Vicente e deitava o de amanhã abaixo... O do 15 de Agosto também não serve para nada! Quase todas as pessoas estão de férias! lol

Marta disse...

Abolia-o do calendário???? Desculpe, mas em que país vive? Mesmo que se assuma o mais de direita possível (o que não condeno pois graças a esse tal feriado até conquistámos(?) alguma liberdade de escolha, política vá...e até então completamente inexistente e reprimida), ainda assim optaria por eliminar uma data histórica como é o 25 de Abril do calendário? Não sou a favor dos feriados só para não se fazer nenhum como o são por ex os religiosos mas este é simplesmente um marco na nossa história que deve perpetuar para gerações futuras e para que os nossos filhos um dia não se lembrem de Portugal como o país dos Srs das Troikas e de uma Era quase "Salazarista".
Da forma que o escreveu se calhar até acha que a Ponte 25 de Abril devia continuar a chamar-se Ponte Salazar. Triste.

Melancia disse...

Blasfémia D. Kiki, blasfémia... Detestar feriados a meio da semana? Gostar só daqueles colados ao fim de semana? Eu não gosto é daqueles que de tão colados, tão colados, se sobrepõem!
Se eu mandasse, de 15 em 15 dias haveria feriado à quarta feira, pu mesmo á quinta que saio ás 20h! Ou então à quarta e à quinta!à terça não que tenho tarde livre, não compensa!

Miss S disse...

Eu cá também acho que este feriado deveria deixar de existir (e isto não significa que não esteja grata aos comandantes de Abril). Aliás num país onde nunca se comemorou a sua data de fundação - 24 de Junho, creio que a celebração de todos os outros feriados históricos é, no minimo, incoerente...

JoanaSilva disse...

Eu concordo com a Marta, acho que o feriado de amanhã é o mais importante do ano (a seguir ao Natal, vá), calhe ele a que dia da semana calhar. E parece-me estupidez dizer que preferia manter o dia 01/11 (feriado religioso, qd se pode ser ateu e não ver significado) ao 25/04 que lhe permite viver hoje como vive.
Enfim.

Maria João disse...

Eu também gosto muito mais de feriados à sexta ou à segunda como é óbvio. De qualquer forma também achei infeliz o comentário para abolir este feriado em particular do calendário. Por esse andar abolia-se era todos os históricos e os não históricos que esses do mal o menos, que é para meter o povo todo a trabalhar de sol a sol, sem feriados e a fazer sacrifícios atrás de sacrifícios e mesmo assim com cada vez menos para viver que assim é que um país vai(não vai) para a frente. A culpa da dívida externa não se deve ao facto de um país trabalhar ou não nos feriados. Desta forma já não faltará muito para voltarmos à época de Salazar. 25 de Abril faz parte da história, ideologias à parte, como o 5 de Outubro ou o 10 de Junho.
Sou professora, por acaso não de história, mas também a mim me revolta a ignorância de alguns portugueses em relação a esta data.

Anónimo disse...

E o giro que ia ser nao poderes ter blogue?? Isso e que era!!
Rita
(desculpem, nao tenho acentos!)

Kiki disse...

Marta, em relação à ponte, por acaso até acho mesmo que deveria manter o seu nome original! Acertou na mouche!

Quanto ao vosso conceito de liberdade, acho mesmo muito engraçado... Porque essa liberdade que tanto gostam de apregoar, acaba quando começa a do outro! Para vocês, eu não posso ter a liberdade de expressar a minha opinião, mas vocês podem ter a liberdade de entrar em minha "casa" a insultar-me de triste e estúpida! Está certo! É um conceito de liberdade muito conveniente...

Full-time Mom disse...

Não me digas que és contra o 25 de abril?!

Jo disse...

Com o meu actual horário sinceramente nem dou pelos feriados lol :P

Em relação aos comentários aqui deixados, nem os vou comentar... o conceito de liberdade tem muito que se lhe diga...!! Algumas pessoas não sabem lidar muito bem com ela.... ! ;)

Anónimo disse...

Exactamente, graças ao 25 de Abril temos a liberdade de chamar este post extremamente idiota.
Obrigada 25 de Abril.

Kiki disse...

Opá, não fossem os anónimos, ia-me divertir com o quê neste dia frio e chuvoso????
Vá, toma lá mais uma bicicleta! Já estou farta de distribuir bicicletas hoje...

Anónimo disse...

Eu até queria ser o DISLIKE número 20, mas pronto, fiquei pelo 19!
Vá que amanha é segunda feira!

Maggie disse...

xiiiiiiiiiii as confusões que se arranjam qdo as pessoas não querem perceber os pontos de vista dos outros e ainda lhes acrescentam umas palermices. Ai Kiki lembra-me as respostas que recebi por ter criticado a ocupação da escola da Fontinha. Fui acusada de quase tudo mas tu mulher foste quase chacinada, irrrra.
Tenho para mim que há gente que vem não sei de onde para arranjar confusão.

Beijoca
Maggie

Kiki disse...

hahahahah Don't worry Maggie! Não me afecta minimamente! ;))
beijos!