22/05/2012

Para vocês!

Não quero que me levem a mal... Vou falar-vos com todo o carinho e espero que compreendam. 
Recebo muitos pedidos de amizade no facebook de pessoas que não faço ideia quem sejam, mas que calculo serem daqui.
A maior parte das pessoas aqui assina com um nick e no Facebook têm o nome verdadeiro e eu não consigo associar um ao outro. No entanto, e espero que me compreendam, apesar de, muitas de vocês cá virem há muito tempo e falarem comigo quase todos os dias, eu não vos conheço. Tenho a certeza e quero acreditar que 98% das pessoas que estão desse lado são pessoas fantásticas! Mas há sempre os 2% que me deixam de pé atrás! A culpa não é vossa mas isso acontece... E já tivemos a prova disso!
Por isso, eu prefiro guardar a minha página pessoal do facebook para a minha família e para os meus amigos pessoais.
Infelizmente por uns pagam os outros... Espero que compreendam! :)

Se não fossem vocês, este blog não tinha a menor graça! Escrevo porque sei que me lêem e adoro o feedback e as respostas que me enviam desse lado! Muito obrigada a todos os que aqui vêm todos os dias! :)

18 comentários:

macaca grava por cima disse...

ainda bem que alguém escreveu isto! A sério! Eu aqui na blogosfera sou macaca, o blog não tem facebook, e não me ponho a enviar convites de amizade precisamente pq no FB sou eu mesma e a página é pessoal.

E digo mais, não tens nada que pedir desculpa... ;-)

saudosa disse...

Concordo em absoluto contigo Kiki!

Eu aqui tenho um nome e no FB tenho outro.... é por isso que aderi ao FB do Família de 3 e 1/2, mas nunca me passaria pela cabeça pedir-te amizade no teu FB pessoal!

Muito embora, com atnta troca de informação até já sonho convosco!!!!

descansa que foram sonhos bons!

Kiki disse...

hahahaha Essa foi óptima! :D

Bi disse...

Eu estou em choque com a história da Benedita! Enfim!!

E daí que não podia concordar mais contigo! Não se sabe o que há por aí. As pessoas querem sempre saber mais do que a informação que lhes damos! (nem todas, sim!) Mas vale mais pervenir!

Bj*

Clementine Tangerina disse...

Concordo plenamente...por isso é que eu raramente adiciono alguem no fb...se alguem me quiser como leitora ou me quiser ler que me adicione...tenho sempre algum receio de ser "abusada" ;) bjsssss*

Mariana R. disse...

É absolutamente compreensível. Apesar de nós, leitores, já conhecermos um bocadinho que seja da vossa família, o contrário não se verifica. E nunca se sabe quem anda por trás de muitos bons nomes por aí.

Um beijinho *

Maria de Lurdes disse...

Compreendo perfeitamente e comigo passa-se o mesmo. Contam-se pelos dedos de uma mão as pessoas que têm acesso à minha página pessoal do FB e ainda assim já me desiludi.

A mim basta o que dividimos no âmbito dos blogues, o que já é muito e nos torna de certa forma próximas, não sinto a necessidade de ir além disso...

Aliás, causa-me alguma estranheza e até desconfiança casos de quem tenha muitos (ou mesmo apenas) amigos que conheça virtualmente ou seja muito dado e próximo "blogosfericamente"...
É esquisito, sei lá, não têm amigos "reais"?

Não te rales com isso, com certeza são pedidos feitos com a maior boa vontade, mas vão compreender perfeitamente!

luz-estelar disse...

ok, compreendo. e acho que nunca comentei aqui, não me lembro, mas na página do blogue no fb já.
beijinhos
joana morais da rocha

Anónimo disse...

Mas o seu facebook e fotos dos seus filhos estão no publico e tem lá amigos adicionados dos blogs :) não sabia q mtas autoras dos blogs eram seus amigos pessoais por isso eu fui uma das suas visitantes q pedi amizade lol
por isso peço imensa desculpa, pq com tanta polemica em volta dos anonimos afinal então concorda q aqui n se conhece ninguem seja macaca ou ciprinana lol

Sofia e Beatriz disse...

Eu confesso, lol, que há um tempo atras te pedi. Mas nao por causa do blog ;) é que temos, efectivamente muitos amigos comuns. Só tenho no meu face, essas amigas, e tu és amiga de uma grande amiga minha ;) Mas isso também nao é motivo, é obvio;)
Beijocas!

Kiki disse...

Obrigada pela compreensão! :))

Anónimo disse...

A Benedita era uma personagem... Os escritors quando escrevem um livro também não viveram todas as histórias e romances que relatam.

Kiki disse...

Não Anónimo... Seria um personagem se tivesse ficado pelo blog. Mas ela fez-se passar por outra pessoa fora do blog. Falou pelo telefone com pessoas como se fosse a Bárbara, falou com pessoas fora do blog sobre a Benedita. Por isso não foi um personagem que ela criou, foi uma história de menina mimada e tolinha a precisar de atenção. E isso é punível por lei! Nós chegámos ao contacto com professores dela e tivemos até o contacto da mãe da miúda. Só não avançámos porque não nos apeteceu e achámos que ela já tinha apanhado susto suficiente ao ser desmascarada.
E se agora de repente, as pessoas que me seguem há 3 anos, que falam comigo através do blog há 3 anos descobrissem que eu sou uma fraude. Acha mesmo que as pessoas iam desculpar-me por eu ter criado um personagem? Ou sentir-se-iam enganadas?... Mas enfim... Não é isso que se está aqui a discutir! Pois não Francisca?

Nini disse...

Ele há com cada história que realmente, até arrepia!
Acho que faz muito bem em separar as águas!
Eu própria também tenho essa distinção feita e mesmo assim só adiciono pessoas que conheço, ou de blogs que sigo ainda que não faça comentários em todos eles!
Beijinhos!

Duchess disse...

Eu acho que aquele anónimo é a própria bárbara Francisca.

mas diz lá que essa estória não trouxe algo positivo?

É preciso ver sempre o bright side of life!

:)

Kiki disse...

Nada acontece por acaso! ;)))

A side of me disse...

Sem ter que pedir desculpas :)

Mum's the boss disse...

;)