10/05/2012

Ser mãe de um rapaz

É especial! Completamente diferente de ser mãe de uma rapariga. A Gigi só agora se deu conta da minha existência. Queria tudo com o pai e agora descobriu que a mãe é muito mais gira e muito mais querida. 
O Vicente não, sempre foi mãe e está cada vez melhor pior. E eu adoro! É mais carinhoso do que a irmã foi. Gosta de colo e procura-o! Ela sempre foi mais independente. É a minha companheira de compras, de pirosadas e de conversas. Ele, não suporta ver-me com a irmã. Lá em casa é ao contrário. O irmão mais novo é que tem ciúmes. E se me vê a cuidar da irmã, vem a correr tentar impor o seu lugar. 
Ontem, como me perdi no cabeleireiro, cheguei a casa um bocadinho depois das 20h. O pai é que os foi buscar, o pai é que lhes deu banho e o pai estava a preparar o jantar deles quando cheguei. Ele estava ao colo num pranto pegado. Com lágrimas de meio litro, ou litro e meio (li ontem algures esta expressão e adorei!) a escorrer pela cara. Assim que me viu, saltou para o meu colo, aninhou-se no meu pescoço e ficou ali, protegido e acolhido a soluçar e a fazer-me festinhas no pescoço. E eu quase explodia! A Gigi nunca foi assim comigo. Não estava habituada a isto... Se isto é Complexo de Édipo, então adoro!

****

20 comentários:

Bi disse...

Tão bom!! Maravilhoso!

Bjinhos*

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

Eu não tenho a menina, mas sim, ele é muito pegado a mim e procura muito o meu colo!

Sílvia disse...

Por cá temos exactamente o mesmo filme... com a agravante da irmã também querer a mãe...
Agora imagina a cena: todos atrasados de manhã, para sair de casa, e os dois, aos berros, à porta, a reclamarem o colo da mãe para irem até à garagem... haja paciência... e braços que aguentem com os dois :)

Kiki disse...

hahahahah Tal e qual Sílvia! :D

Isa disse...

Eu estou como a Silvia...

Maria de Lurdes disse...

Menino da mamã, literalmente! É tão bom!! Sempre me disseram que os rapazes adoram as mães, é muito amor de filho...

Por cá o Pedro é bastante afectuoso, mas procura ambos os colos por igual e não é muito fita cola. Às vezes gostava que fosse mais cola, mais apegado, outras fico contente por ter as mãos mais livres...
Aliás, eu digo que o Pedro quando está comigo diz muitas vezes "papa" e o pai diz que quando está com ele diz muitas vezes "mama". É um eterno insatisfeito!

Marta disse...

Deve ser dos rapazes em geral. Mas por cá há um mais pegado à mãe do que o outro. O mais velho é pai e o do meio é todo mãe... E reclama todo o tempo "a mãe é só minha!!" é um doce!! O bébé está claro que nem dá pela existência de mais ninguém!!! É tão bom....

Melancia disse...

Sempre me imaginei mãe de meninas, sempre me imaginei rodeada de laços, fitas e cor de rosa por todos os lados, mas no dia em que soube que era um menino fiquei igualmente feliz, como é obvio. Hoje, já me imagino mãe só de rapazes e percebo aquelas frases, que tantas vezes ouvi, acerca dos meninos seresm muito apegados as mães, muito miminho! E confere, é um doce, dá-me xis e beijos e eu derreto. Apesar de também o fazer com o pai e de adorar brincar com ele, na hora do mimo é meu, e é comigo que quer dançar antes de ir dormir! venham mais destes!

Ana disse...

Também sou mãe de uma menina e de um menino e ele é muito mais apegado a mim, embora ambos queiram a minha atenção!

Simplesmente Ana disse...

Engraçado, cá em casa a minha menina só me quer a mim. Acho mesmo que em a ver com feitios.

Maria João disse...

Como sabes o Ben ainda é pequenino. Mas lembro-me de ainda estar grávida e de tu me dizeres que ser mãe de um rapaz é especial. E é mesmo. Não dá para explicar!

Princesa Tagarela disse...

Eu tenho meninas e tenho um menino. A diferença acaba por ser deliciosa. O Vasco, que agora tem 10 anos, olha e sempre olhou para mim como se não existisse outra mulher na terra...é tão bom!!! Aproveita o teu Vicente...

Beijinho

Mitocas disse...

Mitocas, favor não esquecer guardar este post para reler caso o pior cenário se confirme e na próxima eco não se veja uma rapariga! Obg, Kiki! :-p

Anónimo disse...

Eu sou mãe de meninas e fiz amniocentese nas duas gravidezes e lembro-me lá no hospital a alegria com q era recebida a noticia do sexo feminino e o disfarce da decepçao quando era o sexo masculino a ser dito, isto sem nenhuma excepçao em dezenas de mães..por isso n me parece q seja assim tão especial :O tenho amigas maes de rapazes q admitem q preferiam ter tido meninas agora pq n faço a minima ideia , pq um filho para mim n tem sexo nem quero q faça sexo nunca lolol

Carolina Cardoso Silveira disse...

sempre desejei ser mãe de um menino, gosto muito de laços e cor-de-rosas, mas sempre tive mais queda para meninos.
o desejo realizou-se, e adoro ter um menino, e se um dia vier outro menino não me importo nada.
e sim ele é muito agarrado a mim, mas noto que ele têm um amor muito especial pelo pai.
bjo

Sónia disse...

Que bom!!!sabem tão bem esses mimos deles!!1

O Sexo e a Idade disse...

Pois eu sou a orgulhosa mãe de um rapaz com 18 anos e garanto-vos, ainda fica melhor!
São cada vez mais atenciosos e meigos connosco.
Adoro e adoro-o!

Sara disse...

Tb sou mãe, de dois miúscos...e é bom, mt bom :)

Sara
http://blogprofissaomae.blogspot.pt/

Vanilla disse...

Sempre ouvi dizer que as meninas são mais apegadas ao pai e os meninos á mãe. Verdade ou mentira a minha filha não me liga nenhuma lool estar com ela ou ausentar-me um dia inteiro é igual, não me liga nenhuma, já com o pai ilumina-se toda. É assim! =)

mãedesaltosaltos disse...

é tão bom! Eu só tenho experiência de ser mãe de um rapaz, mas de facto existe uma ligação muito forte, especial...