30/03/2012

Ainda estou a recuperar...

Dei-lhes banho ao mesmo tempo... (não é costume) Tirei o Vicente da água e disse-lhe que já a vinha buscar. Vesti o Vicente em tempo record e fui falando com ela (a casa de banho é em frente ao quarto) para me certificar que estava sempre tudo bem. E ela ia-me dizendo o que estava a fazer... A dar papa ao bebé, a lavar o bebé...
Pousei o Vicente e fui tirá-la da água. Olho para o buço dela e tinha um arranhão gigante com sangue!
- Luísa! O que aconteceu?
Quando olho mais de perto, percebo que não era um arranhão mas sim um golpe! E atiro-me feita louca aos brinquedos para perceber qual é que lhe tinha feito aquilo. 
- Como é que fez isso?
- Com o coisinho!
- O que é o coisinho?
- O coisinho azul!
- Qual Gigi? Explica à mãe!
- O coisinho azul do pai!
Fez-se luz na minha cabeça! Esqueci-me da gilette na banheira! Com a protecção posta, mas ela conseguiu tirar... E resolveu imitar o pai... Se eu estivesse à minha frente tinha-me dado um estalo! Gelei! A culpa tinha sido toda minha! Tinha deixado a minha filha brincar com uma coisa tão perigosa! E só dou graças por não ter acontecido nada pior. Ela chorava, chorava porque sabia que tinha feito asneira! E eu só me apetecia chorar por me ter esquecido daquela merda ali!
É tão fácil acontecer um acidente! Mesmo quando achamos que temos sempre todos os cuidados... Há sempre excepções à regra! E essas são as que nos lixam!

****

12 comentários:

justme@31 disse...

Respira fundo, respira mais uma vez...E sem duvida que às vezes basta piscarmos os olhos. Felizmente que foi mais o susto.

Só sedas disse...

Que sustooo! Mas ó Kiki nao te massacres, podem acontecer a qualquer um e é mesmo isso que dizes: são só dois segundos mas são mesmo esses segundos que nos lixam. O importante é que ficou tudo bem (embora agora a Gigi esteja enfeitada com um corte no lábio)

Full-time Mom disse...

É verdade, por mais cuidados que tenhamos há sempre algo que nos escapa. :/ Beijinho

Maria de Lurdes disse...

Que azar! Em tão pouco tempo, num momento, um corte... Mas não te martirizes, acabou por ser apenas um corte, mais um corte em tantos!
Que esse acidente não estrague o grande regresso!

Filipa disse...

Ohhh... :( Ainda bem que acabou por não ser nada de mais...

Patrícia Teodoro disse...

Foi apenas uma "aviso"...passas a estar ainda mais atenta, infelizmente não cosneguimos prever tudo nem nos lembrar de tudo. Um grande beijo nosso e logo, logo o golpe passa e foi mais uma picada no coração de mãe.

Dulce disse...

Já me aconteceu o mesmo! Com o mais velho. E senti-me a pior mãe!... mas estas coisas acontecem e mais vezes do que achamos! Um beijinho

Jo disse...

É verdade... com as crianças parece que temos tantos cuidados e às vezes, por um esquecimento mínimo, acontece logo qualquer coisa. Enfim, ainda bem que não passou de um susto.

Clementine Tangerina disse...

Oh querida, acontece infelizmente a quem é pai e mãe...hoje o meu peste tb agarrou na minha gilete1 calma serviu de alerta! e o que tu fazes ao expores aqui estes episodios menos felizes é abrir-nos os olhos porque realmente os acidentes acontecem assim, num abrir e fechar de olhos.

Kiki disse...

Vocês são uns amores! Obrigada a todas pelas vossas palavras! :)
Esquecer-me do assunto é difícil porque casa vez que olho para ela, vejo a ferida ali no "bigode" dela, mas uma coisa é certa: foi a primeira e última vez que me esqueci da gilette à mão de semear...

Beijo grande!!!

Anónimo disse...

Há 30 anos atrás, fiz exactamente o mesmo! Peguei na gilette do meu pai! Não me lembro de nada... Só sei porque me contaram! Estas coisas acontecem. Micas

Eliana disse...

Eu fiz isso a mim propria...tal qual a Gigi...era bem pequenas (há mais de 20 anos que se passou) e lembro-me perfeitamente...