13/03/2012

O cheiro das recordações


A culpa é dela que passa a vida a publicar vídeos da Maria Bethânea, e depois eu fico assim... Esta voz traz-me recordações tão fortes de infância! Cheira à minha mãe, tresanda à nossa casa do Algarve, à minha Avó Maria a chamar-me para a mesa, ao cheiro do mar e à sensação da areia colada no corpo, o cheiro das camélias do páteo, da terra encarniçada do jardim do Casino, os figos fresquinhos vindos do mercado, o barulho das carroças que passavam na avenida à frente de nossa casa... Os passeios de bicicleta no largo ao fim do dia! O meu Avô Manel sentado à frente da televisão a ver a TVE aos gritos. O arroz de conquilhas com linguadinhos fritos... O Joaquim a mandar vir connosco para não brincarmos ao pé do carro da Avó que o podíamos estragar e a dar-nos mangueiradas fresquinhas depois da praia. A senhora da praia que vendia Bóli berlim, pastéis de nata e pastéis amêndoaaaaa! Aquele mar chão tão quentinho! Às vezes apetece-me voltar a ser pequenina...

Que saudades do meu Monte Gordo!

O do antigamente... 

****

8 comentários:

Patrícia Teodoro disse...

Opá eu acho que me lembro desta casa...eu passava os verões em Monte Gordo...há lá mais coincidências porra! Estas melhor???

Maria de Lurdes disse...

Essas recordações de infância são as melhores recordações do mundo.
E voltam tão de repente e tão fortes que ainda sabem melhor!

Duchess disse...

Minha querida, vamo-nos encontrar por lá este ano??
Fiquei arrepiada! Monte Gordo entrou na minha vida mais tarde mas continua presente e já sei que por lá andarei na primeira quinzena de agosto:):)

liliana disse...

Vou para lá todos os anos no Verão! E adoro!!! E claro que conheço esta casa, lindíssima!!! A nossa casa fica perto (5m a pé).

A Gigi é a tua cara! Já reparaste?

Beijinho

Kiki disse...

Bem! Tanta gente de Monte Gordo! :))

É natural que se lembrem dela! Estava na avenida principal quase em frente ao Casino. Agora é um prédio... :(((( E o jeitoso do construtor, em honra à casa, resolveu espetar com um "bico" igual ao da casa em cima do prédio... Da última vez que lá fui, havia uma gelataria daquelas self-service por baixo do prédio... A esplanada ficava em cima do "nosso" páteo... Nem consegui lá entrar... Que saudades meu Deus!

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

A kiki é a tua cara :)

Jorge Luis disse...

Olá, fiquei arrepiado depois de ler, senti um aperto no peito, pois a casa era do meu Padrinho e da minha Madrinha, poder vela na imagem, foi fantástico.
A minha avó trabalhava lá eu ainda criança adorava ir com ela, era um acontecimento único, o cheiro a limpeza o brilho das azulejos azuis do quintal, o baloiço de metal e tecido azul, os canteiros de flores, a sala com lareira onde o meu Padrinho passava o tempo, transportava-me para uma época diferente, era extraordinário, velhos tempos, gostei muito.
Obrigado.

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Que maravilha Jorge!!!!!!!!!! Quem era a sua avó? A Manuela? Importa-se de me enviar um e-mail para familia3emeio@gmail.com ??
Muito obrigada pelo seu comentário!!