15/03/2012

Fada das Chuchas

A Educadora por SMS:
"A Gigi diz-me há dois dias que já não usa chupeta, é verdade? Bj gd"


Ela tem 3 anos e meio. Já há uns meses que ando a batalhar para que ela use chupeta só à noite. O vício é mais que muito! São resmas delas! Catrefadas! E todas baptizadas... A pé-pé Lua, a pé-pé Flor, a pé-pé Uxo Pooh, a pé-pé Mickey... Dorme com uma na boca e duas em cada mão, fora as que ficam espalhadas pela cama. A educadora guardou uma numa caixa para a sesta e proibiu os meninos de levarem chupeta para a escola. Ela levava às escondidas (minhas e da educadora) e, quando a vou buscar, vai sorrateiramente buscar a chupeta e mete-a na boca. E eu... Sinceramente faz-me pena! Depois de um dia inteiro, acabo por deixá-la usar a chupeta no carro a caminho de casa mas obrigo-a sempre a tirá-la para falar comigo. Ao fim-de-semana, levo uma escondida na carteira para o caso de haver uma crise, mas não a deixo sair de casa com chupeta. Chupeta é para a noite e para a sesta! O horário de Inverno e a espertinheza dela dão-me a volta! 
- Oh mãe, já está de noite!
São 19h...
Já tinha metido na cabeça que os 4 anos seriam o limite! Vou deixá-la ser bebé o tempo que ela precisar! Afinal de contas, a chupeta é a única réstia da sua vida de bebé! Já não há grades na cama há muito, já não há fraldas há muito, já não há biberon há ainda mais... Bolas! Os miúdos crescem tão depressa que não consigo ser mais exigente que isto em relação à chupeta!
Mas na semana passada tivemos uma conversa a 3! Ela, a educadora e eu! Chupeta durante o dia acabou de vez! E ela tinha de cumprir. Ontem, foi guardar as chupetas na cama antes da escola e disse que a Catarina não deixava levar chupetas para a escola! Boa! Fiquei contente! Hoje disse-me:
- Não quero mais pé-pés mãe!
- Não quer mais?
- Não! Eu sou quexida!
- Boa!!! Posso ligar à Fada das Chupetas?
- E ela vem buscar?
- Sim! E leva para os outros bebés que precisam!
- Mas nós temos o nosso bebé em casa, não é preciso...
- Mas o Vicente já tem as dele. A Fada das Chupetas leva as pé-pés para os bebés pobrezinhos que precisam de chupetas e não têm!
- Está bem!
Do que eu a conheço parece-me decidida! Fiquei de ligar à Fada durante o dia para ela lá passar esta noite! Vamos ver como isto corre!

****

11 comentários:

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

O meu usa Kiki, só á noite e para dormir, o negocio era com o Pai Natal mas não correu bem!

Ele tem pavor que alguém o veja de chucha mas adora, e é uma na boca e uma em cada mão ( agora, porque já chegaram a ser umas 6), agora essa da fada talvez me vá dar jeito, é que ele disse que se esqueceu de a entregar ao Pai Natal e que agora ele só voltava no Natal, Claro!

Kiki disse...

hahahah São muito espertos!
Olha, a minha ontem pediu-me chocolates no supermercado. No meio da feira da Páscoa, não a censuro! :P E eu disse que se ela se portasse bem, o Coelhinho da Páscoa trazia. E pensei que feliz que fui com este pensamento. Agora é mais um a tomar conta dela.
Em relação à Fada das Chuchas, funciona como a Fada dos Dentes. Vem durante a noite e deixa um presente em troca! ;)

A side of me disse...

Eu já consegui tirar a chucha à minha filha. Os dentes já estavam a ficar arqueados e como tive os dentes tortos e é genético, achei por bem antecipar o fim da era da dita. E não correu mal! Eu andei durantes alguns dias a dizer que qualquer dia ela tinha que tirar a chucha porque já estava a cheirar mal e nas férias de Carnaval aproveitei. Então a chucha cheirava a porco e foi deitada ao lume. Ao principio perguntava por ela, que queria mas lembrei-a que tinha ido para o lume e que cheirava a porco... Resultou. Até agora a operação é bem sucedida.

Mas a troca da chucha por um presente parece-me bem.

Sílvia disse...

Espero que corra bem.
Por aqui já sabes como foi... pediu-a nas duas primeiras noites, na 3ª ainda falou dela (sem a pedir) e na 4ª noite já nem falou do assunto.
De vez em quando ainda vai falando dela, mas nunca para dizer que a quer.
No entanto noto, e muito, que ela sente a sua falta. Até adormecer está sempre com o dedo nos lábios, por fora da boca... deve estar a verificar que não a tem :)

Maria de Lurdes disse...

O Pedro só usa a chupeta para dormir, fica zen assim que a põe e ele próprio deita-a fora quando não quer sair do berço, acho-lhe uma graça!
Enquanto assim for, pode ter esse mimimho por mais uns bons tempos...

Patrícia Teodoro disse...

olha lá eu sei que tu não és destas merdas mas tens desafio no meu blog por isso toca a responder...ai que não andas a ler o que escrevo parece que queres levar tau-tau

Full-time Mom disse...

O meu só usa à noite para dormir, umas 3 ou 4, mas queria que deixasse de vez até os 4 anos. E já não falta quase nada! :)

Só sedas disse...

Ai Kiki este para mim um tema tãaaaao sensível. Mesmo!

Como dentista, óbvio que tenho a minha teoria (3 anos idade limite para o suso da chupeta), mas no fundo eu sei o quantos eles precisam, eu sei o conforto que lhes dá. É um consolo vê-los como acalmam quando estão inquietos e agarram na chupeta como se não houvesse amanhã, eu percebo tão bem... porque eu fui assim. Usei chupeta até bem tarde (5 anos) e o meu biberon à noite era o meu consolo. Tiraram-me a chupeta numas férias, sem aviso prévio "perdeu-se" e tive de adormecer sem ela. Sofri tanto naquela noite que tenho tudo gravado na memória: a cama, os lençõis, o quarto (que ainda por cima me era estranho porque o apartamento era alugado), as voltas que dei na cama, chamar a minha mãe porque não tinha posição para sossegar, perguntar proque é que não iam arranjar uma xuxa a um sitio qualquer mas "estava tudo fechado àquela hora, não podia ser", até da famrácia eu me lembrei e deram-me uma desculpa qualquer! (tinham de levar a mentira até ao fim ou não haveria volta atrás)... foi horrível. Não recomendo este método a ninguém. Acho muito violento especialmente quando já tratamos com crianças razoáveis (como era o meu caso) mas pelos vistos na altura era a moda dos pediatras: cortar de vez. Depois com a M. foi mais fácil, deixou a chupeta sozinha, já não gostava, mas com o B. a minha história repetiu-se... Ele dormia tal qual a Gigi, com uma na boca e uma em cada mão que ia trocando durante a noite. Tenho fotos dele na pré, fardado com gravata e agarrado às chupetas! Quando foi para lhas tirar os meus pais optaram por uma estratégia diferente, combinaram com ele e quando se sentiu capaz, ele mesmo as deitou no lixo. Nunca mais falou delas. Não vejo que ele tenha ficado com nenhuma sequela depois disso já eu... Cheguei a apanhar as "petitas" do meu irmão às escondidas já tinha na altura uns 10 anos e ainda hoje quando me lembro daquela noite tenho pavor (que acho que tem vindo a piorar com o tempo). Não tires de uma vez. Mais valem uns dentes tortos do que uma criança desconcolada!

Patrícia Teodoro disse...

Ui a chucha aqui nem em 2017 me parece...mas pelo menos durante o dia não usa...menos mal, mas mal chego à escola é a primeira coisa que pergunta

bia disse...

vai correr bem.... tenho uma salinha com 25 pestinhas de 3 anos (a completar 4 este ano) e ja nao usam chupeta na sesta.... mas sei que em casa alguns ainda usam...e biberao entao... uiiiii.....e foi facil...o "passar a ser crescidos" para eles é uma grande motivação.... só lhes faz bem...ate porque muitas vezes a linguagem sai prejudicada pelo uso da chupeta.... espero que durma tranquila....***

Maria João disse...

Obrigada pela ideia da Fada das chupetas!! Parece-me óptima! A Mia era muito viciada em chupetas durante o dia. Muito mesmo. Quando vamos aí era fácil porque estava muito ocupada, portanto lembrava-se pouco das chupetas, mas em casa era diferente. Há cerca de 1 mês e tal, quando mudamos de casa, começamos a fazer um esforço maior em tirar as ditas cujas da vista dela e, de um dia para o outro, a rotina de lavar as chupetas quando acorda e deixá-las na prateleira ao lado da cama instalou-se. Tem as chupetas (praí 6!!) de volta quando se deita! Sinceramente odeio ver crianças de chupeta, falando depois dos 3 anos, mas sempre disse que nunca iria forçar, havendo sempre um limite.
Para ela irá ser duro tirar as chupetas de noite, pois é o objecto de conforto deles e também temos de compreender isso. E podes crer que se tirar as chupetas de noites significar más noites, então aí é que vou mesmo esperar mais tempo. Basta-me o irmão:) Espero que corra bem o processo aí por casa!